Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

03 maio, 2015

Pra (re)fazer a lição de casa...

Vou descobrindo mais e mais que o diabetes não é uma ciência exata...

Sei que nesse mundo de doçura sempre vai ter alguma coisa nova para aprender, mas às vezes sou pega de surpresa por situações corriqueiras, que eu pensava que nem precisava mais me preocupar porque já tinha domínio absoluto. Nada disso!

Saí do Rio no dia 25/04 com destino a Curitiba. De lá, seguiria para mais uma semana em Floripa.
Malas devidamente arrumadas com pashminas e casacos pro friozinho que o Sul já traz nessa época, agulhas e lancetas separadas (com uma folguinha a mais na quantidade) e insulinas.

Tudo certo. Certo? Não.

Fiz a conta certinha de todos os insumos, menos da insulina.
Da NovoRapid, corretiva, trouxe uma caneta. Como o uso é eventual (mesmo me permitindo relaxar um pouco na alimentação quando viajo), uma seria mais que o suficiente.

Da Levemir, também trouxe só uma, mas por pura falta de atenção!
Como não tenho achado o refil, comprei a caneta descartável e simplesmente não considerei que aquela quantidade não daria para todo o período de viagem.

Outro ato falho: sempre tenho insulina sobressalente por prevenção. A caneta pode cair no chão e rachar o refil, já aconteceu de perder uma caneta (caiu da bolsa e só vi quando precisei usar)...
Mas desta vez não tinha.

Para completar o cenário, com a variação da temperatura por aqui, fui pega por uma gripe / alergia e comecei a tomar remédio na sexta-feira de manhã. De leve já deu pra notar uma variação nas glicemias - até na de jejum.

Resultado: ontem a noite cheguei à última dose da Levemir. Na verdade, nem daria para a dose inteira da noite!!

Saímos para procurar e consegui achar, mas foi com emoção: somente na terceira farmácia.

Já estava me planejando para ligar pra minha Super e tentar montar com ela um esquema só com a NovoRapid. Imagina?!
Foi uma falha boba mas que poderia ter dado bastante trabalho!
Tudo em ordem novamente e, sem dúvida, mais uma lição.


Nenhum comentário:

Postar um comentário