Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

27 agosto, 2014

Doces bárbaros...

O adoçante sempre foi um produto discriminado!
Já foi responsabilizado como causador de doenças graves, não deve ser usado por mulheres grávidas e até hoje traz dúvidas e más impressões.

Eu mesma não gosto. 
Acho que o sabor de sucos e café, por exemplo, se altera.
Já usei vários - gostei mais de uns do que de outros -, tenho preconceito com o aspartame sim, prefiro os que são à base de sucralose...

Enfim, por hábito (e opção) raramente uso.

Esta semana cheguei a uma matéria publicada no site 'Vivo mais Saudável', que apresenta a composição básica de alguns e ajuda a entender a diferença entre eles.
Não é palavra final, não é a maior ciência sobre a questão e tampouco deve ser base para qualquer ajuste / acerto de padrões alimentares (isso só mesmo com o acompanhamento médico).
Mas deixa uma visão mais clara e funciona como ponto de partida para, pelo menos, avaliarmos o que o mercado nos oferece.





Nenhum comentário:

Postar um comentário