Direto no ponto!


A cada dia que passa vejo mais e mais especialistas e/ou instituições chamando a atenção para os males que o açúcar pode causar à saúde das pessoas.
 
Hoje descobri a ONG 'Action on Sugar', ou Ação sobre o Açúcar.
Eles são uma organização não governamental formada por médicos e consultores que vem agindo através da intervenção com a indústria alimentícia e o Governo (estão locados na Inglaterra) de modo a chegar a um consenso visando a redução da quantidade de açúcar presente nas dietas mundo afora, principalmente nos alimentos processados e industrializados.
 
Preocupados com os efeitos que esta ingestão de açúcar em excesso pode causar, destacam alguns produtos que podem enganar os consumidores, conforme divulgado hoje no Programa Bem Estar:
 
1 - Alimentos com 0% de gordura:
 
Estes alimentos não possuem, necessariamente, 0% de açúcar. Um exemplo que eles trazem é o iogurte, no qual o açúcar normalmente é adicionado para dar sabor e cremosidade ao produto quando a gordura é removida.
 Um iogurte de 150g com 0% de gordura pode ter, por exemplo, até 20g de açúcar, que equivale a 5 colheres de chá.
 
2 - Polpa de tomate:
 
O ingrediente é normalmente adicionado para que a polpa fique menos ácida. Um terço de uma lata de 150g pode ter até 13g de açúcar, valor equivalente a 3 colheres de chá.
 
3 - Maionese:
 
Uma colher pode conter até 4g do ingrediente.
 
4 - "Águas vitaminadas":
 
Um copo de 500ml pode conter até 15g de açúcar, o equivalente a cerca de 4 colheres de chá.
 
5 - Pão:
 
Segundo eles, este é um dos alimentos que mais 'escondem' açúcar... 
Em uma fatia de pão processado pode ter até 3g.
 
E por fim, uma observação geral bem importante, mas que muitas vezes é esquecida: "não é porque o alimento é salgado que ele tem baixo teor de açúcar".
 
Com estes alertas é possível rever o que tem sido colocado no prato e na despensa e, se preciso, ajustar!
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MiniMed 640G: Cena 7 - A decisão de parar...

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...