Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

21 maio, 2014

Pra explicar com música!

Tem tempos de ficar esquisita, de não ter paciência, de ter preguiça desse negócio de diabetes.
Geralmente quando estou assim, qualquer mínima variação da glicemia pode me tirar do sério (tipo hoje!).
Mesmo assim, não largo meu glicosímetro e nem (mesmo quando dá muita vontade) a consciência que preciso manter o meu docinho em ordem.  


Por tanto amor
Por tanta emoção 
A vida me fez assim
Manso ou atroz
Doce ou feroz…

Porque cada dia é de um jeito!

Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar longe do meu lugar

Porque quero mais disso que nunca tem fim… 
Minha maior motivação!

Nada a temer senão o correr da luta
Nada a fazer senão esquecer o medo
Abrir o peito a forca, numa procura
Fugir as armadilhas da mata escura

Foi a minha decisão, a solução para a doçura que chegava.

Longe se vai
sonhando demais

Não duvido mesmo!
Acredito que nada acontece por acaso... o diabetes me trouxe um mundo que eu não conhecia, mas ao mesmo tempo me abriu um horizonte que eu jamais poderia enxergar.

Mas onde se chega assim
Vou descobrir o que me faz sentir 
Eu, caçador de mim.

A cada dia!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário