Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

03 julho, 2013

Acelera!!


Para quem gosta de comida japonesa, o gengibre não é uma novidade. Da mesma forma, quem sente uma dorzinha de garganta, logo lança mão de uma balinha de limão ou de mel com gengibre para aliviar.



Na alimentação do dia a dia ele não é tão comum, mas eu adoro!
Acho que dá um sabor diferente e leve e hoje em dia já uso em casa.

A vantagem é que o gengibre acelera o metabolismo. Com isso, auxilia na absorção de insulina pelo organismo.

Bingo!

Uma recomendação para nós, docinhos, é o suco de maçã (nada de tirar a casca!) com gengibre.

Para os interessados, caipivodka com um toque de gengibre fica ótima também!

De vez em quando acontece de chegar em casa tarde, cansada e a última coisa que eu quero é pensar no que fazer para jantar.
Nesse embalo, já deixo uma 'receitinha' (na realidade, adaptação de uma comidinha congelada) que é bem rápida e fácil.

Costumo comprar uma sopa orgânica congelada da marca TAEQ. Já provei a de cenoura, de abóbora (a melhor!), a de legumes e a de alho poró (que não é boa, é batata com alho poró bem de longe...).

Pois bem... Escolhi a de cenoura desta vez.
10 minutos no microondas para descongelar e enquanto isso, fiz um franguinho só no azeite (1 filé de peito de frango cortado em cubos). Na mesma panela depois, acrescentei a sopa, uma colher de sobremesa de creme de leite light e o gengibre ralado (à gosto).

Delicinha!

Para quem gosta, é usar e abusar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário