Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

(R)evolução das células...

Imagem
Uma palestra feita pelo Dr. Carlos Eduardo Barra Couri, em Março deste ano, mostra como está o estudo e a aplicação de células tronco no tratamento de Diabetes tipo 2.
Uma parte da palestra é bem técnica, mas ainda assim é legal assistir e conhecer os resultados vistos até aqui.
O ponto focal é que as células tronco auxiliam as células beta do pâncreas a voltar a produzir insulina.
Dos 10 pacientes que participaram de um dos estudos, 8 tiveram as doses de insulina reduzidas e 2 tiveram as doses suspensas!

Estes gráficos mostram a evolução dos 2 pacientes: no paciente 1, em 7 dias o uso da insulina deixou de ser necessário; no 2, após 45 dias de acompanhamento a insulina também pôde ser suspensa.
Em uma outra pesquisa, foram analisados 118 pacientes, divididos em 2 grupos submetidos a diferentes tratamentos: no primeiro, somente com insulina; no segundo, insulina e células tronco.
Apenas 16% dos pacientes não tiveram alteração nas dosagens de medicamentos:

 Os demais tiveram redução o…

Alerta!!!!

Assunto super sério e de maior relevância: 
Várias reclamações tem sido registradas em Minas Gerais acerca do glicosímetro da marca CEPA GC.
Recebi o link de um post no Facebook sobre a declaração de uma pessoa que recebeu tal glicosímetro e desde então passou a registrar glicemias altíssimas, que quando comparadas com o medidor anteriormente usado, da marca Accu-Chek, mostrava discrepâncias enormes.
Como sempre faço antes de escrever sobre qualquer assunto, pesquiso, leio, procuro...
E dessa vez não foi diferente.  Só com uma rápida busca no Google foi possível encontrar diversos relatos que de forma geral tinham a mesma reclamação.
Abaixo, matéria do Estado de Minas que foi publicado no Blog Universo Belo Horizonte (o destaque em negrito é meu): 
Uma falha no aparelho que mede a glicemia da marca Cepa GC está pondo em risco a vida dos diabéticos em Minas. A leitura do glicosímetro não é homogênea como nos equipamentos de outras marcas e os resultados são bem mais elevados, o que lev…

Pra ser cotidiano!

Imagem
Terça-feira, 18/06/13:  Despertador: 05:15h Chegada ao aeroporto SDU no Rio: 06h
Check-in já feito, fui tomar café da manhã. A única opção era a lanchonetes Pátio, da 3 Corações (assim eu pensava, já que a loja é toda 'decorada' com esta marca). Como sempre faço, perguntei se eles tinham o capuccino diet e a resposta foi "não". Nadinha diet, só refrigerante. Fiz meu pedido, comi, tomei meu café expresso (única opção que não vinha adoçada) e embarquei.
Terça-feira, 18/06/13:  Conexão em Confins/BH para Porto Velho com atraso de 3h. 
Por volta de meio-dia fui até a Casa do Pão de Queijo, que é a única lanchonete que tem na sala de embarque, pedi um sanduíche e uma coca-cola zero (nada de mate por aqui...). - "Senhora, não temos coca zero." - Que outro refrigerante diet vocês tem? - "Senhora, não temos nenhum refrigerante diet. - Então vocês não tem nenhuma bebida sem açúcar, a não ser café?  - "Nós temos suco de laranja natural".
E aí??  Nem se…

'Uni-duni-tê'...

Imagem
A GNT estreou em Maio um reality show onde 8 mulheres buscam a melhorar a qualidade de vida, tentando encaixar melhores hábitos nas tarefas e compromissos diários (o programa - Minha Vida Meu Ritmo - passa aos domingos, às 18h).
Pelo site é possível assistir aos episódios anteriores e acompanhar a rotina e a evolução de cada caso. Mas  quem está do lado de cá da tela também pode fazer teste e avaliar a quantas anda seu próprio ritmo... 
As questão - dividas em saúde e alimentação; esportes e exercícios; e bem estar - são simples e conhecidas e o resultado não é diferente... sabemos o que deve ser feito.


No fundo, o teste funciona para nos fazer lembrar dos bons hábitos e de algumas pequenas ações que contribuem para uma vida equilibrada.
'Bora repensar as nossas escolhas! 

Repaginado!

Imagem
Tenho recebido elogios e críticas do blog e todos são igualmente bem vindos e me fazem pensar. Na verdade, repensar no que me trouxe até aqui, no que me fez começar este blog.
Hoje mais do que nunca tenho vontade de ler, de buscar informação. Vejo uma foto que me dá uma ideia, faço alguma coisa que me traz um questionamento... e isso tudo vira assunto, que vira post.  Anoto no celular, na notinha do mercado que ficou na bolsa, no caderno do trabalho...
Tem duas coisas principais que me motivam: uma é ver o quanto de coisa tem por aí e que DEVE ser divulgada, dividida, difundida. As pessoas tem que saber que a alternativa existe, que a pesquisa está andando, que o estudo está avançado, que a esperança aumenta e que já se ouve até falar em cura!; a outra é a certeza de que se é possível para ‘esta Juliana’, é possível para qualquer outra Juliana, ou para a Maria, ou para o João, ou para todos os outros que foram sorteados para lidar com esta condição.
Eu sigo em frente assim!
Pois bem... meu …

Preparar, apontar...

Imagem
Para colocar o corpo em movimento sem risco e nem preocupação, vale seguir o esquema que a One Touch Diabetes Brasil divulgou hoje.
É bem didático e de fácil compreensão:


Vale imprimir e colar na porta do armário, prender na geladeira, colocar dentro do case do glicosímetro...
O importante é não esquecer de consultar para que o exercício não perca a função de fazer bem para se transformar num causador de problemas.
De olho na pontinha do dedo antes de qualquer ação!

"Roda mundo, roda gigante, roda moinho, roda pião"...

Imagem
Semana na metade e os números estão melhores!  Ufa!!

Que sensação ruim essa de fazer tudo direitinho e ver que mesmo assim as glicemias estavam mais altas... 
A cada medida uma expectativa por um bom resultado que poderia ser totalmente frustrante.
Cansaço e preguiça injustificáveis, sensação de alguém me puxando para não levantar da cama... Cheguei a pensar que a insulina poderia não estar fazendo o efeito que deveria. E aí, nas possíveis consequências disso (bate um - pequeno - pânico).
Mais uns dias por vir e ao que tudo indica, as coisas estão voltando ao normal.  A filosofia agora é totalmente focada no "aguarde e confie"!
Vida que segue.... Sem sustos, por favor!

Pra definir prioridades...

Desde que eu voltei da viagem minhas glicemias andam bem esquisitas.... Isso acabou me deixando um pouco preocupada, principalmente porque durante as férias estavam bem estáveis e por aqui os hábitos alimentares estão dentro do normal.
Conversei com a minha Super e acertamos que eu ia monitorar durante esta semana que passou. Antes do prazo combinado, voltei a falar com ela, porque ainda não estava tudo dentro do aceitável.  Ajustamos a dosagem da insulina de ação rápida.  Houve uma melhora, as glicemias baixaram, mas ainda assim durante o dia algumas flutuações estranhas continuavam acontecendo.
E junto com isso, a dúvida 'martelando' na minha cabeça... tinha viagens de trabalho previstas para as próximas duas semanas (segunda a sexta em uma, terça a sexta na outra). Faz parte do processo e das minhas funções no projeto. Sempre soube que o ritmo de viagens seria frequente, mas desta vez foi complicadinho equilibrar o racional e o passional.
Sou emoção sempre, mas quando o as…

"Transformar o tédio em melodia"!

Imagem
(Mahatma Gandhi)
Em português, "seja a mudança que você gostaria de ver no mundo".
Ontem, num papo bem bacana com uma amiga, realizei o quanto isso faz sentido!
Está nas ações de todos dia (jogar o lixo no lixo, ser educado e receber o mesmo tratamento de volta...), nas leis de Newton ("para toda ação há uma reação oposta e de igual intensidade") e reflete principalmente no nosso comportamento. Ou melhor, no efeito que ele gera...

Quer que as coisas mudem? Quer que sejam diferente? Quer manter igual? Seja o que for, mostre, dê o exemplo.  Comece por você!
Isso funciona de verdade.
Como eu posso fazer alguém acreditar que é totalmente viável ter uma vida normal (con)vivendo com o diabetes? Me cuidando.  Porque se EU não me cuidar, de nada vai adiantar o apoio, a atenção e o carinho de todos os meus amigos e da minha família comigo e com a minha condição 'doce'.
Minha 'vitrine' são os resultados alcançados: o bom controle, o tratamento em dia e todas…

Números em xeque...

Imagem
Eu estou condicionada e sempre fico atenta às quantidades de carboidratos, fibras e calorias.
Mesmo assim, as vezes o efeito de um alimento não é o que eu esperava! 
Esta semana aconteceu isso com um biscoito de fibras da Gullon. 



Ele é sem açúcar, não tem uma quantidade alta de carboidratos, valor energético razoável... mas interfere e muito na glicemia!  Não imaginei!
Confesso que houve uma decepção, afinal é um biscoito com base de grãos, tem bastante fibra...



Esse episódio me chamou atenção novamente para a questão do índice glicêmico.
Já que é um importante fator para manter o bom controle glicêmico, por que não constar nas embalagens dos alimentos, junto com as demais informações na rotulagem nutricional?
Na Resolução da ANVISARDC 360, de 23 de dezembro de 2003, que determina os critérios para rotulagem dos alimentos no Brasil, está definida a obrigatoriedade do que deve constar nas embalagens (carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans, fibra …

Super poderes! Super(ação)!!

Imagem
Mesmos sintomas, mesmos cuidados necessários (controle, qualidade...), outros aspectos!
Segundo o endocrinologista Dr. Alfredo Halpern, o controle do diabetes é mais fácil para homens do que para mulheres. Isso se deve principalmente à flutuação hormonal que acontece com a mulher durante o mês.  Com isso, é maior o risco de lesões nos rins, nos olhos e nos pés. 
E mais: durante a TPM, a tendência é que o organismo da mulher se torne mais resistente à insulina. Cá entre nós, já não é fácil controlar a vontade aguçada de comer neste período - e no meu caso, não é especificamente vontade de doces... fico gulosinha mesmo!
Mas, vamos em frente. Ioga pra quem é de ioga, bike pra quem prefere os pedais, corrida, um bom filme ou qualquer outra atividade que ajude a manter o equilíbrio, o foco, a paciência, a calma...
Se ainda assim não der, a alternativa é revelar a identidade de Mulher-Maravilha e redobrar os cuidados!!


Para se conectar!

Imagem
No embalo das redes sociais, uma específica para pessoas com diabetes.

Como diz o nome, a Diabetic Connect tem como propósito colocar em contato pessoas que tem esta mesma condição de saúde para que dividam suas experiências, seus acertos e seus erros, tirem dúvidas, compartilhem o avanço dos seus tratamentos.
Fiz o cadastro no domingo passado.
Tal como numa rede social 'padrão', é criado um perfil com as informações gerais (nome, idade, foto ...) e informações de interesse dentro do tema diabetes.

Logo recebi uma mensagem de boas vindas e ganhei 7 seguidores: os moderadores / coordenadores da rede.
Ontem tive a primeira solicitação de amizade.
Enfim, ainda estou um pouco quieta por lá, já que não conheço ninguém. Mas o mais interessante é que mesmo assim tenho à disposição o acesso a várias discussões sobre questões comuns de quem convive com o DM.  Depois de criada a conta, você navega por diferentes assuntos, dos mais simples aos mais complexos.
Além disso, tem uma ferrame…

Tecnologia a serviço da saúde...

Imagem
Estou cadastrada em alguns sites de assuntos especializados em diabetes (listados bem aqui do ladinho na sessão 'Explore') e recebo frequentemente matérias diversas e indicação do que há de novo nesse mundo.
Percebi, de um tempo para cá, que vários aplicativos para celulares do tipo smartphone e/ou tablets tem sido criados visando facilitar a vida de pacientes que querem ter um melhor controle do seu DM.
Já baixei alguns (sistema Apple, mas tem para Android também) e cada um tem suas particularidades:
Diabetes App - gratuito, é todo em inglês; você consegue cadastrar os dados das glicemias indicando em que período do dia foram medidas (em jejum, antes ou depois das refeições principais ou lanches, durante atividades físicas, etc), registrar as dosagens e os períodos das aplicações de insulina, os exercícios feitos, seu peso corporal e a quantidade de carboidratos consumida. Mostra uma visão geral dos principais registros em um calendário, mas não emite relatórios específicos.
G…

Pra ser dos deuses.

Imagem
Novidades na geladeira!
Eu já tinha ouvido falar que a Vigor ia lançar os iogurtes tipo grego na versão zero, mas até então não tinha conseguido achar para provar.
Valeu a espera!



Tanto o natural como o com polpa de morango são muito bons.
Já vem adoçados (o adoçante é a base de sucralose) na medida certa, sem excesso.



Para começar o dia ou até para a ceia, quando geralmente procuro uma opção prática e rápida pra ir de encontro com o sono que a essa altura já apareceu...