Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

20 setembro, 2012

Sem dúvida e sem açúcar...

Teoricamente ainda é inverno, mas aqui no Rio o verão já chegou com tudo! Ontem o dia foi absolutamente quente (a temperatura passou dos 40 graus em alguns lugares da cidade...) e a solução foi ligar o ar condicionado para dormir.
Por conta disso, acordei com o nariz meio entupido, mas sem maiores problemas. Uma gotinha de Sorine e tudo resolvido.

Só que logo depois de usar o Sorine, a pulguinha atrás da orelha apareceu... Liguei o nome do medicamento ao soro: soro (caseiro) = solução de água + sal + AÇÚCAR.
Na hora a dúvida bateu: será que tem alguma contra-indicação para quem tem diabetes?

Providências: checar a bula e perguntar para a minha super endócrino.

O que diz a bula (grifos meus):

"Advertências
Utilizar com cautela em pacientes com problemas cardiovasculares e hipertireoidismo, Diabetes mellitus, hipertrofia prostática e pacientes que apresentem forte reação a agentes simpatomiméticos, evidenciada por sinais de insônia ou vertigem. Não deve ser usado ininterruptamente durante longos períodos. O frasco não deve ser utilizado por mais de uma pessoa com a finalidade de diminuir o risco de contaminação e transmissão do processo infeccioso."

A sugestão da minha Super foi para substituir o Sorine pelo soro fisiológico puro que, se necessário, pode ser usado até 6x ao dia.

Assunto resolvido, vale lembrar que cada um deve consultar seu médico em caso de uso ou substituição de medicamentos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário