Para caminhar no novo ciclo...

Aniversário, para mim, é como um novo réveillon. Adoro sentir a energia que vem dos abraços, dos desejos de bem, dos sorrisos.

E aquele momento de repensar e refazer promessas:
- vou aplicar insulina 15 minutos antes das refeições
- vou fazer o rodízio de aplicações com a maior atenção
- vou tomar cuidado com a conservação das insulinas sempre que sair por aí
- vou me planejar para garantir que os insumos não acabe antes de renovar o estoque
- vou buscar me alimentar sempre com equilíbrio
- vou manter meus exames em dia... e por aí vai.

"Nossa, quanta coisa"...
Nem tanto. Isso é o mínimo e nem é novidade, é só uma reflexão com a nova idade. Uma vontade de seguir 'funcionando' direitinho, sabe?

Eu adoro comemorar o meu aniversário. Não tenho qualquer problema com essa coisa de ficar mais velha. E, no fundo, convivendo com uma doença crônica, só tenho a certeza de que tenho muito o que comemorar.

Quase chegando aos 11 anos de diagnóstico e, até aqui, sem qualquer complicação, só posso mesmo agradecer. Nesse tempo, a educação e o entendimento maior sobre o diabetes têm sido bons aliados, tenho certeza!

Sobre esse tal tempo, o meu tem sido mais dedicado ao trabalho na área de engenharia e, por isso, tenho ficado um tanto ausente do blog e dos assuntos 'diabéticos'. Claro que me sinto um pouco em falta e me cobro planejamentos mil para tentar garantir que esteja sempre presente.
A verdade é que, no fundo, não precisa ser assim...

Tempo é moeda cara. Tempo é luxo. Então, que a gente saiba usar de maneira que seja bem aproveitado e traga tranquilidade, seja descansando, seja passeando, seja trabalhando...

Quando eu voltei para o mercado de energia, me perguntaram (ainda na entrevista) se eu pararia com o trabalho relacionado à saúde.  Não, não tenho qualquer intenção de parar. Se minha condição de saúde ainda não tem cura, sei que a cada dia posso trazer novos aprendizados. Pois bem, quero continuar por aqui, escrevendo e dividindo com cada um que vem caminhando ao meu lado, que confia, que acredita e até que se inspira.

Obrigada! Sou uma mocinha de sorte por receber tanto amor, tanto carinho e tanto apoio nessa vida de doçura.


Viva essa recarga de amor que chega para guiar e ser companheira no ciclo que começa!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Férias em 'modo peixinha'...

..."bobeira é não viver a realidade"...

O lixo do cuidado...