Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

22 abril, 2017

Uma história de verdade.

Desde que comecei o meu tratamento e, um ano e meio depois, o blog, busco experiências de iguais.
Outros docinhos. Outras pessoas com diabetes que sabem como é o dia a dia entre altos e baixos de glicemias, injeções na pança ou na perna e um roxinho residual eventual, a expectativa por um jejum de 12 horas para um exame de sangue, a alegria em acordar com a doçura dentro do limite dos 100...

Assim fui conhecendo novos amigos que hoje me motivam e sigo descobrindo pelo mundo virtual outras pessoas, outros jeitos de lidar com o diabetes, outras manias, outras dicas.  

Os livros não ficam de lado. Entre os que eu tenho, vários foram escritos por pessoas com diabetes. Tenho um carinho e até uma certa preferência por estes porque, além de funcionar quase como uma conversa, falam de procedimentos, situações corriqueiras e até preocupações nas quais me reconheço. 

Essa semana soube de mais um deste tipo!


O livro se chama 'Um Pedaço de Ti'. A autora, Patrícia Bittencourt, é DM1 há 37 anos. O livro - que tem o mesmo nome do Blog que ela escreve - retrata não só a sua vida de docinha, mas principalmente conta sobre o transplante renal que a livrou de uma rotina de hemodiálises, graças à doação de um rim feita pela irmã, Tina.
Daí vem, inclusive, o título das publicações.


Em uma entrevista, ela antecipa um pouco do que conta no livro: a dificuldade para chegarem ao diagnóstico, a fase rebelde durante a adolescência e as conseqüências desse comportamento, a complicação que culminou na perda da visão de um dos olhos e na necessidade do transplante.

Mas mais que todas essas coisas, o que me chamou a atenção quando eu li sobre ela e o lançamento do livro foi o destaque ela dá para a superação... Ela nunca deixou de acreditar que seria possível"Escrevi para contar minha história de superação e dificuldades, decorrentes de toda uma vida lutando contra uma doença crônica e suas complicações, mostrando que é possível ultrapassar barreiras, desde que se tenha esperança de dias melhores, força de vontade e fé."

O livro é vendido online (--> aqui) e custa R$ 30,00. Como ele é digital, o recebimento é no e-mail cadastrado para compra...
Já comprei o meu e mal posso esperar para começar a ler!! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário