Sobre(o)peso...

11/10: Dia Nacional de Prevenção da Obesidade

Dia disso, dia daquilo.
Sim, é isso mesmo.
É preciso chamar a atenção para problemas que vem sendo cada vez mais responsáveis por trazer uma baixa qualidade de vida às pessoas e por trazer grandes riscos à saúde.

Vivemos num país onde ser um bebê gordinho era bonitinho e significava ser saudável.

Com a correria de trabalho, casa, família, (pouco) tempo para o lazer, a comida rápida e industrializada substituiu aquelas feitas na hora da refeição, com ingredientes frescos.
Não tem culpa e nem julgamento, é somente uma constatação.
Eu mesma, tendo um dia a dia relativamente tranquilo, tenho meus momentos de ligar e pedir alguma coisa pronta e prática para comer!

O fato é que repetindo esses hábitos com muita frequência e sem dedicar alguns minutos para as atividades físicas, a obesidade vem tomando conta.
O que muita gente ainda não sabe é que obesidade é uma doença.

Foi pensando nisso tudo aí que a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia - SBEM, junto com a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica - ABESO, estabeleceu esta data, que serve como um ponto de partida para chamar a atenção para a gravidade e seriedade da questão, e também ajudar a prevenir: "entre as orientações da campanha de alerta estão alimentar-se melhor, fazer exercício, beber agua e ter uma boa noite de sono".
Segundo estas instituições, um sintoma que é fácil perceber é o aumento gradual da circunferência abdominal, já que "reflete, de forma indireta, o conteúdo de gordura entre os órgãos da região".

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o limite de circunferência para homens deve ser de 94cm e para mulheres 80cm.
Ainda, a obesidade agrava os riscos de pessoas desenvolverem diabetes tipo 2, hipertensão e doenças cardíacas.

Para dar a real noção do impacto desse mal moderno, a estimativa atual é de que 60% da população do Brasil está com sobrepeso ou obesa!! Mais: a cada ano aumenta o número de crianças diagnosticadas com obesidade infantil (em 2013, o documentário 'Muito Além do Peso' já trazia este alerta!).

Fica o alerta!
Converse com seus amigos, sua família, chame a atenção de algum(a) querido(a) próximo que você ache que precise mudar a rotina e se dedicar mais a saúde.

Na página da SBEM e da ABESO tem muito mais detalhes e informações sobre como prevenir e combater a obesidade, vale conferir.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Pelos caminhos da vida doce...