Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

28 maio, 2015

Pra ser atalho no caminho da insulina...

Até hoje, de vez em quando acontece uma pegada errada na hora de aplicar a insulina e pronto: roxinho na certa!

Eu sei que isso não se deve à falta de cuidado, sei também que pode ser pelo cansaço - principalmente na aplicação da noite, antes de dormir - ou pela correria do dia, mas incomoda mesmo assim.

E descobri um dispositivo que ajudaria bastante a nós, docinhos, nas diversas injeções:
É o Medtronic i-port Advance. Ele funciona como uma porta para entrada da insulina. A 'conexão' com o corpo é feita através de uma micro-agulha e ele precisa ser trocado somente a cada 3 dias. 
Para crianças, para quem tem a pele muito sensível, para quem tem medo de agulhas ou mesmo para quem quer só um pouco mais de conforto, é uma alternativa. 

Para aplicar pelo i-port basta encaixar a agulha do seu aplicador, seja caneta ou ou seringa, no dispositivo:
Imagina só trocar vários furinhos ao dia por dois ao longo da semana?! 

Por enquanto, a venda só acontece nos Estados Unidos. 

Dei uma busca rápida pela internet para descobrir o preço: cerca de 125 dólares o pacote com 10 unidades. 
Caro, sem dúvida. E se a gente for considerar todos os outros custos com medicamentos e insumos, praticamente invalida o uso... Mas estou bem disposta a testar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário