Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Dica sabor de mel!

Imagem
Dica da vez: Pão de Mel diet! Parece estranho, mas vamos lá: é da marca Hué, não tem mel entre os ingredientes, mas o sabor e a textura são bem próximos do original. Eles chamam de biscoito tipo pão de mel. Comprei na semana passada, já provei e é bem gostosinho!  Ainda não vi em lojas físicias e nem em mercados, mas na Diabetic Center tem e chega bem rápido. Coincidências à parte, para fechar as comemorações ontem fui jantar com a família e como cortesia pelos aniversários - o meu e o da minha prima - ganhamos no restaurante um pão de mel delicioso!!  E, claro, nada diet!

Olha o registro aí:
Como o jantar foi sem exageros, comi um pedaço sem culpa e nem alterou a glicemia. Na verdade, hoje de manhã estava até baixinha...

Foco no equilíbrio!
(essa é outra dica, que não é nova, mas que vale sempre relembrar!!)  

...é hora, é hora, é hora! Rá, tim, bum...

Imagem
"Essa moça 'tá diferente..."

E não é só porque hoje completa mais uma primavera, não.

Essa moça descobriu que pode ir contra a maré.
Descobriu que uma coisa vista de uma maneira pelo mundo, pode ser diferente aos olhos dela.
E que diferente as vezes até deixa as pessoas de cabelo em pé - "você tem diabetes e toca tamborim?" - mas que isso nada importa.
Por que viver como se tudo tivesse paralisado?
E para os 'surpresos', sim eu toco tamborim... tamborim não tem açúcar!

Brincadeiras à parte, eu toco sim e adoro!
Mas me preparo para isso devidamente, esse é o ponto.

Diabetes não é sentença, é condição.
E é uma condição tratável e gerenciável, ainda bem.
Requer atenção a todo momento, isso é verdade. (Enche o saco em alguns momentos, isso também é uma verdade!)

Mas o fato é que não deve ser tabu e nem trazer medo.
E no que eu puder contribuir para deixar isso tudo cada vez mais claro, farei.

Essa moça 'tá bem diferente sim. "O presente, a mente,…

Foco!! Foco!! Foco!!

Imagem
Especialmente agora, depois das férias e de um período em que glicemia variou bastante e não se comportou da melhor maneira possível, o foco está maior do que nunca em fazer com que tudo volte ao normal.

Tenho medido a glicemia pós-prandial diariamente!
E tem ajudado bastante...
Quando ficam acima do ideal, já repasso o que comi na refeição para ver o que pode ter causado a elevação dos níveis de açúcar... mas quando ficam dentro do limite, é um baita estímulo para continuar o melhor controle.

Nessa época de ensaios e blocos e uma viagem a trabalho de vez em quando e mais ensaios e cerveja - não sou de ferro! - todo o cuidado é necessário.

Dá trabalho e as vezes até uma preguicinha, mas vale o esforço!!



Tipo assim...

Imagem
Tudo que escrevo aqui no IP é sobre a minha doce vivência e portanto o diabetes tipo 1 é sempre o ator principal. Mas já até falei sobre algumas formas de prevenção e de como reconhecer os sintomas no caso do diabetes tipo 2 também.
Só que com tantos assuntos ligados a um e a outro, nunca fui às vias de fato e expliquei exatamente quais são as diferenças entre os dois, embora já tenha tratado sobre isso vagamente...
Chegou a hora!
De uma maneira bem simples e lógica, se resume assim: DM1 é quando seu pâncreas não produz mais a insulina. Trata-se de uma condição (cientificamente falando, é classificado como uma doença... Mas não sou muito fã do termo) autoimune. Isso pode se causado pela ação de um vírus, de uma bactéria ou até mesmo por estresse. É mais comum ser diagnosticado em crianças e adolescentes.
No DM2 o organismo continua produzindo insulina, mas não em quantidades suficientes para suprir todo o açúcar e toda gordura que são ingeridos. São os casos que atingem, na ma…

De volta aos estudos!

Imagem
Desde que cheguei não largo meu caderninho com as anotações do Congresso e outras coisitas mais sobre o tema. Na verdade, desde o primeiro dia de palestras ele me acompanha. Já li, reli, mudei algumas coisas, complementei várias outras (e as páginas em branco vem sendo preenchidas com novas ideias e novos pontos a pesquisar). Com tanta coisa interessante para ver e ouvir, uma dificuldade (boa, pode-se assim dizer) era escolher a palestra da vez, quando havia mais de uma de interesse no mesmo horário. Congresso é assim mesmo e por mais que eu tenha passado os dias todos lá dentro focada, não ia conseguir assimilar nem ter acesso a tudo. Mas esse 'problema' está praticamente resolvido.
A International Diabetes Federation disponibilizou no site do World Diabetes Congress todas as apresentações feitas! Você escolhe a data e o tema e a busca te retorna com os resultados: Aí basta clicar na sessão de interesse e escolher a palestra que quer assistir, clicando câmera que aparece à d…

Procure saber!

Imagem
Já falei isso por aqui recentemente e a constatação vem sendo mais frequente: cada vez tenho visto mais revistas e publicações sobre o diabetes em bancas de jornal e livrarias. Acho muito bom, afinal a informação ainda é escassa. Mas por outro lado, me preocupo um pouco com o conteúdo. As últimas revistas que comprei são legais, mas só comprei as 3 pela curiosidade dos assuntos e da maneira com que seriam colocados e em uma delas pude comprovar o meu receio. Em uma matéria específica, um dos temas aborda as tecnologias aliadas ao controle do diabetes. Eles falam de aplicativos para contagem de carboidratos e gerenciamento das glicemias disponíveis, mas em momento nenhum indicam quais são e como as pessoas interessadas podem ter acesso. Para uma publicação focada no público com DM, o mínimo era que constasse todas as diretrizes. Cá entre nós - e sem falsa modéstia - até eu, que comecei a escrever não tem muito tempo e não tenho o conhecimento técnico sobre jornalismo e comunicação, …

Pra estimular a boa alimentação!!

Imagem
Notícia de dar água na boca: "Chocolate, frutas vermelhas e vinho tinto são escudos contra o diabetes". A responsabilidade por isso é dos tais flavonoides, que são compostos encontrados justamente nas frutas de cor vermelho escuro ou vinho. São eles que garantem a redução dos riscos do desenvolvimento de diabetes tipo 2. O consumo diminui a resistência à insulina, mas desde que sejam em doses moderadas. O importante é lembrar que não pode ser a esmo e que o exagero pode trazer o efeito oposto. A pesquisa, feita por médicos e especialistas de Escolas Médicas e de Nutrição, foi publicada pelo Journal of Nutrition. E para os docinhos do tipo 1, não há o que se preocupar... embora não tenham sido abordados nesta pesquisa, em estudos anteriores já ficou também comprovado o benefício que uma taça de vinho tinto ou um pedaço de um bom chocolate trazem. Para a notícia ser ainda melhor, os bons resultados da pesquisa estimulam o próximo passo, conforme declarado por um dos colabora…

A sugestão de uma 'gordice' levinha...

Imagem
De repente bate aquela vontade de comer um quitute docinho no final do dia.
Em casa só tinha uma caixinha de gelatina e a vontade era de alguma coisa mais elaborada... mas com a preguiça de sair para comprar, já que uma opção diet nem sempre está tão ao alcance, o jeito foi usar a criatividade!
A base foi a gelatina diet (a minha era de uva).  Não dissolvi como dizia a embalagem, coloquei somente 200ml de água quente. Adicionei 1 lata de creme de leite light mais uma lata de leite condensado diet. Bati tudo - liquidifcador ou mixer, tanto faz - e coloquei em copinhos (o rendimento foi de 10 porções).
Sem ter trabalho e depois de um tempinho na geladeira, estava pronta a sobremesa!


"Pode chorar... pode chorar!!"

Imagem
Dói furar o dedinho para medir a glicemia? Eu não sinto, mas há quem se incomode bastante. Mas ao que tudo indica, isso está com os dias contados. A promessa - protótipos já em teste e em avaliação pela agência de medicamento dos E.U.A. - prevê o fim da dor. Só fica o choro... 

Conforme divulgado hoje pelo Google Lab, lentes de contato que atuarão como os glicosímetros (Smart Contact Lens) estão em desenvolvimento.
Através de um dispositivo conectado a um detector de glicose (segundo eles, mais fino que um fio de cabelo e tão pequeno como um grão de purpurina) que vai ficar entre duas camadas do material de que são feitas as lentes, será possível medir a glicemia a cada segundo através das lágrimas!  E não, não precisa chorar o tempo todo... a umidade natural dos olhos garante a 'matéria-prima' necessária.  Os pesquisadores responsáveis pelo projeto, Brian Otis e Babak Parviz, ainda querem mais... A ideia é que sejam integrados ao 'sistema' sinais luminosos que emiti…

Mais uma especializada...

Imagem
Esta semana fiz uma busca na internet antes de comprar minhas agulhas, para ver se encontrava um precinho mais camarada.
 Não custa, já que tudo é caro...
Já conhecia a Dassete e a Doce Vida, mas é sempre bom ter mais opções.

Acabei descobrindo a Diabetic-Center, outra farmácia especializada em medicamentos e produtos para o diabetes.
A previsão de entrega é só de 2 dias úteis e eles tem bastante coisa disponível, incluindo alguns alimentos e acessórios!

O cadastro no site é simples, rápido e pode ser feito já na hora de finalizar a compra.

Dei uma olhada geral nos produtos que eles oferecem e percebi que em praticamente tudo eles tem um preço melhor - até no doce de leite diet! Já garantiram mais uma cliente! Farmácia aprovada!!

'Refresco' de bolsa!

Imagem
Carnaval chegando e aquele mesmo dilema: calor, o dia inteiro na rua, nos blocos... e a insulina me acompanhando! As vezes, nas paradas para o almoço acabo colocando as canetas num copo ou saquinho com gelo... Não levo o isopor comigo  porque não é prático, apesar de ser pequeno. Mas agora, achei a solução: Esse estojo da Dia-Pak acomoda a insulina e tem um espaço onde ficam os sachês de gel, que se mantém gelados por aproximadamente 12h. Funciona para a praia, para o carnaval ou para qualquer outra atividade ao ar livre e ainda cabe na bolsa! Adorei!! Devidamente comprado. Que comece (ou recomece... ou continue...) a folia!

De paciente para paciente!

Imagem
Esse é o conceito da Cartilha desenvolvida pela Universidade Federal de Juiz de Fora:  Os autores são pacientes do Hospital Universitário, que através da sua experiência com o diabetes mostram como é possível manter o DM sob controle e ter uma vida tranquila e saudável.  Além de explicar sobre esta condição e os tratamentos possíveis, tem dicas dos pacientes sobre a influência positiva em fazer exercícios e manter uma boa alimentação, com esclarecimentos sobre o que é recomendado neste sentido. E mais: depoimentos que funcionam como um apoio, uma motivação para aqueles que ainda tem dificuldade em aceitar o diagnóstico ou fazer o devido controle do diabetes. A distribuição da Cartilha é gratuita e basta clicar aqui para acessar e baixar! Ela é ilustrada, tem uma linguagem bem objetiva e de fácil compreensão. Recomendo muito!

Pro doce predileto ficar ainda melhor!

Imagem
E o que já era bom podia ficar ainda melhor? Sim!! E Ficou! O doce de leite diet da marca Hué (a que eu gosto mais, porque o sabor é muito próximo àquele doce de leite feito do leite condensado cozido na lata...) agora tem uma versão com zero colesterol. Olha o comparativo das duas opções diet da marca:   Ele até tem um pouquinho de carboidrato a mais, mas considerando que gordura vira açúcar no organismo, essa versão zero compensa a conta no final. Boas novas, bem a tempo da próxima leva dos meus brigadeiros!

Pra insistir na mudança...

Imagem
Em junho do ano passado fiz um questionamento à ANVISA acerca da possibilidade de trazer nas tabelas de informações nutricionais dos alimentos o índice glicêmico (IG): "Boa noite, Tenho diabetes e por hábito sempre verifico as informações nutricionais, de modo a avaliar a quantidade de carboidratos, fibras e valor calórico antes de comprar qualquer alimento. Me cuido bem e procuro me informar e me manter atualizada sobre tratamentos para o diabetes. Um dos aspectos que já foi comprovado é que o índice glicêmico influencia bastante no controle das glicemias. Por isso venho sugerir que seja avaliada a viabilidade de incluir esta informação como obrigatória na rotulagem nutricional. Desde já agradeço e me coloco a disposição para qualquer esclarecimento.
Atenciosamente,
Juliana.
" Claro que antes de mandar a sugestão, li a respeito da obrigação das informações nutricionais e também sobre as Leis que regulam esta questão, como foi contado aqui no blog. Eles me responderam com uma…

Uma opção mais doce, sem culpa!

Imagem
Procuro sempre variar no café da manhã, mantendo o equilíbrio nutricional necessário, mas também para não correr o risco de enjoar se ficar comendo a mesma coisa todos os dias. A fórmula não é difícil: uma fruta (ameixa, pêssego, morango, mamão...), um copo de mate ou outro chá gelado sem açúcar, uma fatia de pão de forma light ou umas 2 torradinhas, também zero açúcar, cream cheese ou queijo minas e uma geleia. Uso muito a St. Dalfour, que adoro! Mas também gosto de experimentar novos produtos e o da vez foi a geléia diet da Linea. A escolhida foi a de mirtilo. O sabor é bom, a quantidade de carboidratos também, o preço é super camarada, mas é muito doce... para mim, deixou a desejar neste aspecto. Os outros sabores disponíveis são morango, goiaba, amora, jabuticaba, damasco e framboesa. Para quem curte as coisas mais docinhas, pode aproveitar sem peso na consciência!

Blog para dividir!

Imagem
O bom de você ouvir experiências e estórias de outras pessoas que também convivem com o DM é saber que não só as suas conquistas, mas principalmente seus receios e dúvidas são comuns.
Assisti a uma palestra de uma pessoa chamada Kerri Sparling, que tem diabetes tipo 1 desde que tinha 6 anos. Daí o nome do blog, criado em 2005: O nome veio da realidade dela - foram 6 anos até que o diabetes a surpreendesse. E a definição dada por ela: "O Diabetes não me define, mas ajuda a explicar quem sou".
A ideia de escrever sobre a sua experiência com DM veio quando ela percebeu que em qualquer busca que fazia por informações, só conseguia dados técnicos e teóricos.
Redundante dizer, mas me identifiquei de imediato!
Hoje, além de levar uma vida super normal, ela também divide as descobertas e as experiências de todo dia.
O mais bacana é que ela segue o caminho de mostrar que o diabetes não tem que ser uma barreira.
Este ano - a previsão é que seja em março - ela vai publicar um livro c…

(Re)Começou!

Imagem
Feliz Ano Novo de novo?!
Meu primeiro dia útil de 2014 chegou... já posso estar com saudade das férias e dos dias em que a única preocupação era reforçar o protetor solar?
Voltar à rotina pode não ser tão fácil e voltar aos hábitos certinhos - horários, refeições, monitoramento das glicemias... - pode ser ainda mais difícil.
Para ajudar, vou divulgar as dicas de uma das revistas que comprei há duas semanas atrás. A matéria apresenta 30 sugestões práticas e simples de serem seguidas para o bom controle do Diabetes e acho que se enquadram muito bem para esta fase depois do período no qual a gente fica sem muita noção de tempo, espaço e direção e pode acabar esquecendo o que e como fazer...
1. Mantenha uma alimentação equilibrada: inclua todos os grupos alimentares.
2. Fracione as refeições: coma em pequenas quantidades, mais vezes ao dia.
3. Priorize os alimentos naturais: evite os enlatados, industrializados e fast foods.
4. Fique atento aos rótulos: diet mesmo só aqueles que tem 100%…

Mais tecnologia a favor, mas fora de terras brasileiras...

Imagem
Já vinha paquerando há algum o iBGSTAR, medidor de glicemia da Sanofi, que se conecta ao Iphone ou Ipad...  No Congresso tive a oportunidade de conversar com um representante do Laboratório e ver como o aparelho (que é esse pequenininho, conectado na entrada do carregador) funciona.
O aplicativo é bom, bem simples e não tem custo para baixar.
Estou usando e faço o registo das glicemias nele. Depois é possível ver, em forma de diário ou gráfico, a variação. Para mim, funciona até como um alerta... quando vejo que a glicemia deu uma variada maior que a media, já avalio o comportamento daquele dia especifico para identificar o que pode ter causado o aumento ou a redução maiores que o devido e corrigir, seja o que for.
Mandei um e-mail para a Sanofi para confirmar se temos o medidor disponível por aqui... me indicaram o contato do Programa Estar Bem, de esclarecimentos sobre medicamentos e sobre o diabetes. 
Fui super bem atendida, mas a representante que falou comigo não tinha o menor c…

Pra desmitificar...

Imagem
Já recebi mensagens de vários amigos sobre esta nova alternativa ao controle da glicemia, através da água do quiabo. Está circulando nas redes sociais e até em programas de TV a seguinte receita:
"Corte as pontas e o fundo de 2 quiabos, coloque em um copo com água e deixe dormir. No outro dia, retire os quiabos e tome a água. O Diabetes vai sumir e suas injeções nunca mais."
Junto com a suposta solução para o DM, ainda tem depoimentos de pessoas afirmando que a glicemia reduziu e que "poção mágica" fez o papel da insulina.
De cara o que me preocupou foi o fato de ser cogitada a substituição da insulina...  Não critico quem tenta fazer a experiência, mas substituir um medicamento de controle de uma condição séria, pode ser bem complicado!
Para ajudar a esclarecer, posto aqui o comunicado da Sociedade Brasileira de Diabetes sobre o assunto, o qual deve ser amplamente divulgado:
A Sociedade Brasileira de Diabetes vê com grande preocupação a divulgação por grandes veíc…

Todos os desejos de um ano!

Imagem
Que se tenha mais informação e prevenção. Que os números se invertam: menos casos e mais entendimento. Que haja cuidado, educação e acompanhamento. Que o tratamento chegue a mais pessoas.
No meu dia a dia lanço mão da modernidade com o glicosímetro me ajudando a fazer um bom controle do meu DM. 1 gotinha de sangue nas tirinhas e em segundos tenho o resultado...  Mas só isso não seria o suficiente. Sem a minha mega rede de apoio certamente não seria tão simples.
Pois bem... o novo chegou! E para vocês, que estão comigo - longe ou perto, muito ou pouco, de qualquer jeito - do fundo do meu coração, devolvo as tirinhas cheias de desejos de um ano feliz e de muitos motivos para agradecer!