Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

19 março, 2012

Para fazer valer.

E tem mais gente trabalhando para garantir o acesso dos diabéticos a todos os recursos que precisam!

A UADERJ - União das Associações de Diabéticos do Estado do Rio de Janeiro divulgou na última semana informações visam beneficiar e garantir aos pacientes com diabetes o acesso gratuito a medicamentos e o fornecimento de glicosímetros. 

O procedimento é o seguinte: o paciente deve ir ao Posto de Saúde mais próximo de sua casa, levando documento de identidade e comprovante de residência.

Lá, deve fazer sua inscrição como paciente com diabetes e usuário do SUS.

O próximo passo é ir até a farmácia do Posto e apresentar uma declaração do seu médico, junto com a receita.

TODOS os medicamentos, sem exceção, necessários ao tratamento devem ser disponibilizados ao paciente!

Portanto, caso não seja possível fornecer tudo o que for preciso para o tratamento, o Posto de Saúde deverá informar como / o que o paciente deve fazer para conseguir os itens faltantes.

Mas, como eu já ouvi e li bastante sobre a dificuldade para que isso de fato seja cumprido, é importante também divulgar o que fazer caso não seja possível conseguir os remédios, a insulina, o glicosímetro ou as tirinhas: neste caso, o paciente deve buscar seus direitos!

O caminho: através de uma ação na Defensoria Pública (2332-6224) ou do Núcleo de Fazenda Pública (2299-2275 / 0800-285-2279 / fazendapublica@dpge.rj.gov.br).



Nenhum comentário:

Postar um comentário