Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

27 janeiro, 2016

A cura em pauta... e em foco!

Vem da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) junto com a Universidade de Illinois e do Hospital Infantil de Boston a notícia mais esperada pra quem convive com o diabetes: a cura pode - finalmente! - estar próxima.

Desde 2014, pesquisadores de Harvard vem trabalhando e estudando uma maneira de fabricar células produtoras de insulina (já tinha contato isso por aqui também...).
Numa sucessão da pesquisa, os especialistas do MIT fizeram testes em ratos e agora chegaram à conclusão de que com essas células foi possível garantir a produção de insulina por um período de quase 6 meses (mais precisamente, foram 174 dias!).

Imagina não precisar das injeções por esse tempo todo?!

De acordo com o depoimento de um dos profissionais envolvidos no trabalho, "as células são capazes de detectar os níveis de glicose no sangue e liberar insulina de maneira muito mais eficaz do que qualquer outra tecnologia desenvolvida até hoje".



Vivo bem, me cuido, procuro estar sempre aprendendo e envolvida com o meu tratamento. Mas ainda assim tem dias que são chatos, que cansam, que aplicar uma injeção ou furar o dedo para ver a quantas anda a doçura parece a tarefa mais complexa.

Um ex-chefe querido me disse, no dia seguinte do meu diagnóstico, que em uns 5 anos já teríamos a cura para o diabetes. Lá se vão quase 7... Quer saber? Acho que ele vai errar por pouco!






O próximo passo são os testes clínicos em humanos, o que, segundo as instituições responsáveis pelo estudo, ainda leva alguns anos.

Já espero e torço pelos melhores resultados!!

 Para quem quiser ver as matérias completas sobre esta boa nova, os links estão aí embaixo:
--> Telegraph
--> UOL




20 janeiro, 2016

Sem disfarce!

"Quantos saquinhos de açúcar você acha que tem nesse produto?"

A pergunta era bem simples, mas o resultado que ia sendo mostrado deixou algumas crianças e alguns adultos bem assustados.

A verdade é que em produtos processados, nunca fica clara a quantidade de açúcar ou qualquer outro aditivo que aparece entre os ingredientes.

Minha Super Endócrino me mandou este vídeo, que mostra de maneira bem didática quanto açúcar e gordura tem escondido por aí:


Num outro post, há quase 3 anos, já tinha mostrado a quantidade desse tal pozinho branco em produtos bem conhecidos e facilmente encontrados nos mercados.

No filme 'Açúcar' a pressão é grande e mostra os impactos causados por um consumo desenfreado. Falei sobre ele aqui...

A gente já sabe que com cuidado e moderação o açúcar pode entrar na dieta sem problemas. Mas todo excesso é perigoso.

Ah, e vale lembrar que o açúcar pode estar disfarçado com outros nomes bem diferentes também.
É preciso sempre avaliar os rótulos e entender a composição, mesmo quando as embalagens levam a crer que se trata de algo 'natural'!


15 janeiro, 2016

Livro a postos!!

Chegou o dia... resultado na mão!




O livro 'Diabetes - conheça mais e viva melhor' - com dedicatória do Dr. Mark Barone - vai para a Ana Paula Ferraz, de Caxambu, Minas Gerais.

Ana Paula, espero que goste e que seja muito útil!!

Agradeço a cada um que se inscreveu e que acompanha meu IP.

A todos vocês, muita saúde e que não deixem de acreditar que o diabetes jamais deve ser um fator impeditivo pra vocês conquistarem o que quiserem!

(O sorteio foi feito pela página Random.org.)





De todos os cadastrados, metade são docinhos do tipo 1. A outra metade está dividia entre docinhos tipo 2 e amigos, familiares, companheiros de algum diabético.

Fiquei bem feliz em ver isso, porque é fundamental o envolvimento e o apoio dos amigos, amores, família...
Eu posso dizer por experiência própria que faz uma grande diferença ter essas pessoas do lado cuidando, se preocupando e tomando conta, prezando pelo nosso bem.

Às minhas pessoas, mais uma vez meu obrigada grandão e de coração.

Envolva quem está próximo. Se eles tiverem dúvidas, ajudem a esclarecer. O retorno é absolutamente positivo!

Sobre os temas sugeridos, aqui estão:
- Alimentação e receitas práticas
- Contagem de carboidratos
- Estudos e pesquisas sobre a cura
- Medidor de glicemia sem furinho
- Bomba de insulina
- Diabetes e depressão
- Diabetes e a prática de atividades físicas.

Vou pesquisar novas informações sobre cada um e juntar com as já disponibilidades no blog anteriormente.
Adorei cada sugestão, obrigada de novo!

E assim seguimos no caminho da Educação em Diabetes.

07 janeiro, 2016

Um livro pra você!

Depois de mostrar minha biblioteca particular aqui no IP (confesso que já parti para procurar novos títulos...), hoje é dia de doar um livro!

Já tinha comprado os livros do Mark Barone e acabei ganhando outro exemplar do 'Diabetes: conheça mais e viva melhor'.
Na mesma hora pedi para ele autografar e dedicar a vocês, amigos do blog.

Feito:




























O que gosto nas publicações dele é que, por ser também uma pessoa que convive com o diabetes diariamente, ele fala como profissional mas principalmente como conhecedor da realidade que segue entre insulinas, refeições, glicosímetros e a busca pelo melhor controle. 

Pois bem, esse é de vocês e para concorrer basta preencher um formulário curtinho, clicando aqui.

Nada de cadastros enormes e sem fim. É mais para me ajudar a organizar o sorteio e conhecer um pouquinho de cada um. E vocês ainda me ajudam, indicando outros temas que gostariam que fossem tratados no blog.

Então vamos lá!
Preencham, compartilhem e indiquem para quem quiser.
As inscrições vão estar abertas até 14/01 e o sorteio vai ser no dia 15/01.
Só mais uma coisa: pode ser do Brasil inteiro, o frete vai ser por minha conta!


06 janeiro, 2016

Da minha biblioteca...

Adoro ler! De tudo... e é claro que os livros sobre diabetes não ficariam de fora da minha lista.

Já comentei sobre vários aqui no IP e hoje volto para atualizar a lista.

O primeiro que chegou ao meu alcance foi o Diabetes Dia a Dia, do Rogério F. Oliveira. Levei um tempo para comprar, mesmo sendo recomendação de uma amiga da minha mãe, mas depois não me arrependi em nada.

Contei um pouco sobre ele na época...

A lista foi crescendo e os assuntos - apesar de todos terem o mesmo tema - variando também.

Em um outro post, já falava de mais 4 livros que gosto bastante: Sem Açúcar com Afeto, da
Sonia Hirsch, Straight to the Point - A guide for adults living with diabetes, que é uma publicação da JDRF (instituição séria - sou super fã mesmo! - e que busca a cura para o DM1), Balancing Diabetes, da Kerri Sparling, e Alimentos Mágicos para controlar sua glicose.

E tem os que indicam e dão ótimas opções de lanches, refeições e sobremesas (não é porque é saudável que não pode ser gostoso):
- Comida que cuida - O prazer na mesa e na vida de quem tem diabetes (esse é online e gratuito)
- Confeitaria Dukan (polêmico, mas com boas dicas e sem ideias mirabolantes)
- Eating Well Diabetes Cookbook (esse é gringo, mas as receitas são totalmente acessíveis)
- Receitas Rápidas para o controle do Diabetes.

Com o tempo - e com algumas pesquisas por esse mundo de blogs e internet - chegaram mais títulos...
Descobri um livro chamado The Little Diabetes Book you need to read, de Weiss and Funnell, e a curiosidade me fez comprar!
Nada de imposições, pelo contrário. Escrito por quem convive com o DM diariamente, ele mostra os caminhos para seguirmos no tratamento. Além disso, fala sobre a importância do envolvimento da família e dos amigos nessa nossa vida doce. Recomendo!

Ainda na linha das descobertas, o Gary Scheiner, que é um educador em diabetes e um docinho do tipo 1, publicou dois que já me fazem companhia: Think Like a Pancreas e The Ultimate Guide to Accurate Carb Counting.

Nessa mesma linha de quem é doce e é especialista, na primeira oportunidade que tive - e que foi pessoalmente! - comprei os dois livros do Mark Barone: Diabetes - Conheça mais e viva melhor, e Tenho Diabetes Tipo 1, e agora?.
A realidade escrita por quem conhece a patologia na teoria e na prática. Por quem sabe sobre a importância de seguir à risca o tratamento, mas que sabe principalmente que no dia a dia isso pode nem sempre ser tão simples.

Já comentei algumas vezes sobre o trabalho com células tronco realizado pelo Hospital de Clínicas de Ribeirão Preto, coordenado pelo Dr. Carlos Eduardo Barra Couri.
Pois bem, tem livro dele divido espaço na minha biblioteca: O Futuro do Diabetes, onde ele apresenta de maneira simples e clara algumas atitudes que contribuem para um controle do diabetes e traça um panorama sobre as expectativas no que se refere aos tratamentos.

Muitos, né?!

A maioria desses livros é facilmente encontrada aqui no Brasil, em livrarias conhecidas (Travessa, Saraiva, Prefácio...) ou pela internet (tanto nas páginas destas livrarias como na Estante Virtual, Amazon...).

Os importados eu comprei pela Amazon para entregar aqui ou, quando foi possível, para entregar nos hotéis que eu me hospedei durante alguma viagem.



A gente pode e deve se informar.

Cada livro tem a sua linguagem e abordagem distintas, mas que nos fazem pensar, repensar, avaliar a quantas estamos indo, aprender e questionar.

Isso tudo só agrega mais conhecimento e - mesmo quando trazem dúvidas - nos estimulam a procurar a solução e o esclarecimento.

Eu não sou médica e não é isso que busco quando procuro e compro um novo livro sobre diabetes.

Mas a cada página lida, ganho confiança e uma super recarga na vontade de seguir em frente, me cuidando, e na certeza de que o diabetes não vai me limitar.

04 janeiro, 2016

Pra um novo começo...

Depois do resultado dos últimos exames e de um mês com glicemias bem estranhas, as coisas finalmente estão voltando para a normalidade.

Ando prestando mais atenção nas refeições e procurando seguir à risca os horários e os intervalos entre elas.
Tenho medido a doçura mais vezes ao dia também. 

Por mais que já saiba o que influencia e acaba alterando a minha glicose, estou fazendo um acompanhamento maior.
E como reduzi as doses de insulina, é importante prestar mais atenção nesse período inicial pós ajustes.

Só nesses primeiros dias já vejo uma grande diferença e isso traz um certo alívio e a vontade de continuar assim!
Ah, como sempre, vem junto a expectativa pela redução da glicada daqui pra frente...

Então, pra começar um novo ano, nada como reforçar que o autocuidado é fundamental!

Nós somos os responsáveis pelas nossas decisões. E quando estiver difícil, por qualquer que seja a razão, manter o foco na alimentação e no que ajuda a deixar a doçura sob controle, minha dica é pensar no que te faz bem.

Quer dançar? Tocar? Viajar? 
Pois que vá!

A receita?!
Pense, repense suas escolhas, mantenha a calma.
Com o diabetes sob controle, o céu é o limite. 

02 janeiro, 2016

'O que se quer'...

E chegou 2016!!

O sentimento de leveza e de energia renovada a cada virada.
Gosto disso!

Promessas?
Acho que não, mas foco no que importa sim.
Na saúde, na amizade, na família que é base, nas palavras, nos novos rumos - ou nos mesmos rumos, mas com a vontade de fazer revigorada.

Mais aprendizado sempre.
Mais entendimento e serenidade.
Mais evolução e acesso para cada docinho.
Mais boas glicemias. E quando não forem tão boas assim, mais compreensão e calma para ajustar o que for preciso.

Assim eu dou os primeiros passos dos novos dias do novo ano.

Pedidos?
Que se realizem todos esses que vieram de vários corações, junto com a expectativa do primeiro minuto do 1º dia...
Que assim seja!

Entre beijos e abraços e choro e chuva de purpurina, entramos com os pés direitos. 

"...Diz que é loucura, diz que é besteira, mas eu não vou ligar
Não tente entender
E o tempo dirá
A sina é sonhar
Que eu pago pra ver
Qual meu lugar
Que a vida é um dia
Um dia sem culpa
Um dia que passa aonde a gente está..."

Pelos versos da Marisa Monte, fica o meu desejo de que sejam felizes todas as novas oportunidades que vem por aí.