Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

29 março, 2012

Diamigo - a novidade da vez!

No final da semana passada foi anunciado no Congresso Latino Americano de Diabetes, Obesidade e Hipertensão (e não Congresso Internacional de Diabetes, como eu havia dito) um novo aplicativo (gratuito) de iPhone, iPod e iPad, para ajudar no controle do diabetes. 

O Diamigo, como é chamado, e foi desenvolvido no Brasil pela Sanofi, com apoio dos endocrinologistas Mauro Scharf e Denise Reis Franco, da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).


Para baixar é só ir no link da Sanofi (a partir do dia 03/04/12 poderá ser baixado também pela AppStore).

Após aceitar os termos de uso, você insere seus dados (data de nascimento, sexo, tipo de diabetes e peso corporal). Depois é preciso inserir as informações do seu tratamento: insulina utilizada, dosagem da insulina, se faz atividade física, relação insulina x carboidrato (quantos carboidratos são cobertos por 1UI - unidade de insulina) e o fator de sensibilidade, que "avalia o efeito de 1UI nos níveis de glicemia de cada paciente".

Caso haja interesse, é possível cadastrar também os dados do seu médico. Tal como o myDiabetes, o Diamigo também permite o envio de informações diretamente para ele.

Através do aplicativo é possível calcular a quantidade de carboidratos de cada refeição (a tabela de alimentos considerada, com as respectivas informações nutricionais, é a da SBD). 
Esta informação somada à glicemia medida gera como resultado uma sugestão da dosagem de insulina necessária.

Baixei o aplicativo ontem!
Já comecei a lançar minhas glicemias e estou tentando montar pratos mais equilibrados... com a tabela de alimentos e carboidratos nas mãos fica mais fácil. 

Porém, já identifiquei algumas coisas que podem ser melhoradas:
  • Quando você vai lançar uma glicemia medida, não consegue editar o horário ou a data, o que significa que para a informação estar completa e correta é preciso lançar de imediato.
  • Se você editar e salvar seus dados novamente, as informações que já existiam são apagadas!

Mas tem mais uma coisa interessante: conforme divulgado pela Sanofi, comentários e críticas sobre esta primeira versão poderão ser enviados e serão considerados para deixar o aplicativo ainda mais eficaz e amigável.

Achei ótimo... nada melhor do que ouvir as recomendações de quem utiliza o recurso diariamente! 


28 março, 2012

Beleza = Saúde


A Sanofi, uma empresa que atua diretamente na área de saúde, lançou uma campanha aproveitando o "mês das mulheres"...  é o Concurso Cultural Experiências Saudáveis, que quer mostrar, através de fotos, "a beleza de ser saudável".

Não considero a beleza só uma questão de atributos físicos e estéticos, assim como ser saudável, na minha opinião, não significa apenas não estar doente. 
Por isso, o ponto central da campanha - beleza = saúde! - me chamou a atenção.


As inscrições para participar podem ser feitas até o dia 31/03/12 (está quase no limite, mas ainda dá tempo!). 

Primeiro é preciso fazer um cadastro no site Atmosfera Feminina
Depois, basta enviar a foto escolhida junto com seus dados (nome, telefone, e-mail e endereço).

É importante ler o regulamento do concurso, principalmente por causa das regras de publicação de imagens e especificações para envio das fotos.


Agora é usar a imaginação e a memória... uma viagem, uma festa, um passeio na praia, um dia de preguiça em casa ou qualquer outra coisa que represente o belo e o saudável para você... ou então preparar o melhor sorriso e ajustar o foco da câmera! 

As 3 melhores fotos serão premiadas.

Boa sorte!




23 março, 2012

Mais tecnologia para mais qualidade de vida!


Uma matéria do Bom Dia Brasil de hoje apresentou algumas ferramentes disponíveis que ajudam a controlar o diabetes focando uma melhor qualidade de vida para o paciente.

Além da bomba de insulina e glicosímetros mais precisos, a novidade é que no Congresso Internacional de Diabetes, que começa hoje no Rio, será lançado um programa gratuito que poderá ser baixado para os  telefones celulares. 

Com esse programinha será possível calcular e avaliar as quantidades de carboidratos por refeição e assim ajustar a dosagem correta de insulina, evitando o pico de glicose e até mesmo uma eventual hipoglicemia. 

Algumas dicas para conviver bem com o diabetes, passadas pelo Dr. Luiz Fernando Correia na reportagem:

Mantenha-se Ativo
Diminui o peso 
Baixa os níveis do açúcar no sangue
Aumenta a sensibilidade à insulina - mantém os níveis de açúcar normal.
 
Faça uma dieta rica em fibras
Reduz o risco de complicações da diabetes
Diminui o risco de doenças cardiovasculares
Ajuda a perder peso pela sensação de saciedade
 
Controle seus níveis de açúcar no sangue
Quanto mais tempo seus níveis de açúcar ficarem controlados melhor será sua qualidade de vida.
 

20 março, 2012

Nada!?

Não é bem assim...

Já comentei aqui sobre o cuidado que diabéticos precisam ter em relação aos sucos.  Por utilizarem mais de uma fruta no preparo, ou seja, quantidade maior do que quando consumidas in natura, podem levar a um aumento de glicemia. 

E eis que me deparo com o lançamento da Del Valle, o suco Limão e Nada



Logo me animei... mas essa alegria durou pouco! Descobri imediatamente que o 'nada' significa apenas que ele não tem conservantes... O suco já vem adoçado! 

Os sucos de limão e de maracujá são indicados para quem tem diabetes por terem pouco carboidrato (e portanto não causam alteração na taxa de açúcar no sangue), diferente dos demais sucos da marca que estão disponíveis na opção light...

Enviei um e-mail para a Del Valle sugerindo apenas que eles repensem e coloquem no mercado uma opção de produtos mais saudáveis e que não contenham açúcar. 
Quem sabe...

19 março, 2012

Para fazer valer.

E tem mais gente trabalhando para garantir o acesso dos diabéticos a todos os recursos que precisam!

A UADERJ - União das Associações de Diabéticos do Estado do Rio de Janeiro divulgou na última semana informações visam beneficiar e garantir aos pacientes com diabetes o acesso gratuito a medicamentos e o fornecimento de glicosímetros. 

O procedimento é o seguinte: o paciente deve ir ao Posto de Saúde mais próximo de sua casa, levando documento de identidade e comprovante de residência.

Lá, deve fazer sua inscrição como paciente com diabetes e usuário do SUS.

O próximo passo é ir até a farmácia do Posto e apresentar uma declaração do seu médico, junto com a receita.

TODOS os medicamentos, sem exceção, necessários ao tratamento devem ser disponibilizados ao paciente!

Portanto, caso não seja possível fornecer tudo o que for preciso para o tratamento, o Posto de Saúde deverá informar como / o que o paciente deve fazer para conseguir os itens faltantes.

Mas, como eu já ouvi e li bastante sobre a dificuldade para que isso de fato seja cumprido, é importante também divulgar o que fazer caso não seja possível conseguir os remédios, a insulina, o glicosímetro ou as tirinhas: neste caso, o paciente deve buscar seus direitos!

O caminho: através de uma ação na Defensoria Pública (2332-6224) ou do Núcleo de Fazenda Pública (2299-2275 / 0800-285-2279 / fazendapublica@dpge.rj.gov.br).



14 março, 2012

Mordida na maçã!

Mais uma coisa simples e que pode ajudar a manter a glicemia em dia!

Um artigo da DiabeteNet mostra que a maçã possui nutrientes e fibras que funcionam bem no controle do diabetes.

"A composição nutricional da maçã merece destaque, principalmente pelo seu alto valor de potássio, de vitaminas do complexo B, vitamina C e E. Além disso, sua composição de fibras, principalmente da pectina, fornece aproximadamente 10% das necessidades diárias de fibras. 

O consumo regular da pectina, tem se mostrado eficaz no controle da glicemia, auxiliando os portadores de diabetes a manter a boa saúde. O consumo aproximado de 2 maçãs pequenas ao dia, fornece a dose de pectina necessária. A pectina auxilia também na redução do mau colesterol, pois forma uma barreira de fibra na parede intestinal impedindo a absorção do colesterol e de outras gorduras.

Há quem diga que a maçã costuma “abrir” o apetite, mas na realidade o que os estudos demonstram é um efeito importante na saciedade. As fibras presentes na casca são do tipo insolúvel, ou seja, não são digeridas e desta forma ficam presentes por mais tempo no estômago, induzindo a sensação de saciedade.

As maças exercem uma função benéfica e protetora para toda a mucosa do trato digestório, pois além das fibras possui agentes cicatrizantes, portanto indicada para os que sofrem de problemas como azia, gastrite e úlceras, além de auxiliar no funcionamento intestinal.

As vitaminas do complexo B colaboram com a saúde do sistema nervoso, no crescimento infantil, na saúde da pele. É uma excelente fonte de nutrientes para o cérebro, pois é rica em vitamina C e ácido fosfórico. É ainda uma poderosa arma desintoxicante e antioxidante, pois é fonte de ácido málico, essencial para o processo de detoxificação hepática e para a neutralização dos radicais livres."

Vai uma maçã?


07 março, 2012

Para atualizar...


O Glucerna SR em pó, que havia tido a venda suspensa, está de volta ao mercado!

Na semana anterior ao carnaval uma amiga querida já tinha achado em uma farmácia e comprou para mim. Acabei nem divulgando, pois não sabia se era produto ainda de estoque... Queria antes confirmar se a distribuição estava mesmo normalizada. 
E sim, está! 

Hoje vi a venda em outras farmácias, disponível nos dois sabores.

Menos uma preocupação e mais um bom recurso à mão!

06 março, 2012

Reviravolta?! Que seja!

Muitas pesquisas e estudos estão em andamento hoje em dia, buscando alternativas e melhorias para um controle mais preciso e tratamentos menos invasivos.

Mas uma pesquisa do Massachusetts General Hospital realizada em 2011 e divulgada no início deste ano realmente me chamou a atenção: Corpo não para de produzir insulina em diabéticos tipo 1.

Isso pode mudar toda a forma de entendimento deste tipo de DM!

Parte-se do princípio que em pacientes de DM1 o pâncreas (células beta) não produz mais insulina, daí a necessidade das doses diárias através de injeções.

E a grande novidade é que os pesquisadores detectaram células beta em funcionamento após a perda da função pancreática.

De acordo com o resultado publicado na revista Diabetes Care, "a produção de insulina pode persistir por décadas no organismo humano após o início do diabetes tipo 1 (...), levando-se a crer que as céluas beta podem ser regeneradas no futuro."

Durante o estudo, concluiu-se que a teoria de que "no diabetes do tipo 1, os leucócitos interpretam que as células beta do pâncreas são corpos estranhos e estas, por sua vez, passam a ser atacadas pelos anticorpos, reduzindo a produção de insulina" pode estar errada.

Através de testes para peptídeo C (um marcador da secreção de insulina) realizados em alguns pacientes com DM1 para verificar a função residual das células beta, foi constatado que a produção de peptídeo C pode persistir por um longo tempo após o diagnóstico, o que levou a lider da pesquisa (Denise Faustman) a acreditar que "os diabéticos poderiam restabelecer a produção de insulina para níveis normais, por meio de uma recuperação das células produtoras de insulina da mesma forma como tem sido feito com as células-tronco".

Que assim seja!!
E que esse futuro seja logo!

04 março, 2012

O que vem por aí...

Depois do carnaval, aproveitei uns dias de férias e fui para uma praia paradisíaca na Península de Maraú, na Bahia, descansar.
Mar, rede e sossego por 5 dias!

Aproveitei para comer bem, sem exageros, e repor um pouco do peso que eu perdi durante os dias de Momo!

Acabei conhecendo algumas pessoas na pousada que eu fiquei e uma delas, que é farmacêutica, me disse durante um almoço no qual o assunto diabetes acabou aparecendo, que em breve (pesquisa já em andamento) a insulina injetável poderá ser substituída por uma inalável!! 
Muito bom saber disso! 
Dedos cruzados e que seja mesmo em pouco tempo.

Enquanto isso, dá tempo de acompanhar o que mais vem sendo estudado e os avanços já alcançados.

Este ano terão alguns eventos importantes, conforme divulgação da Sociedade Brasileira de Diabetes.

Destaque para a 18ª edição do Curso de Qualificação para Profissionais de Saúde em Educação em Diabetes, que é parte do Projeto Educando Educadores e acontecerá em Maio, em São Paulo, e para o Curso de Atualização no Tratamento em Diabetes, que será em Maio também, mas no Rio de Janeiro.