(Des)ilusão...

"Uma planta capaz de eliminar o vírus da Aids; o controle do diabetes apenas com uma dieta. A ciência não encontrou a cura para essas doenças crônicas, mas existem médicos que tentam ganhar dinheiro e iludir pacientes com falsas promessas de tratamento para eles."

Assim começa a matéria exibida ontem pelo Fantástico (para assistir na íntegra, é só clicar aqui). É assustador saber que estas pessoas não respeitam a vida de tantos pacientes que lidam com condições sérias de saúde, que requerem tratamento e cuidados constantes.

Ano passado eu levantei a bola sobre esse milagre vendido para curar o diabetes. Comecei a ver links e recebi até mensagens de pessoas que não conheciam e me perguntavam se fazia algum sentido. Resolvi ouvir o vídeo no qual ele prometia que a cura viria após a participação no tal Programa Reverter Diabetes - pela módica quantia de R$ 297,00...

Naquela época, ele colocava que a Universidade da Califórnia já havia descoberto a cura. Agora, o destino para fazer a mágica acontecer é a Suécia!

O sujeito alega que teve mais de 30.000 retornos de redução glicêmica e de medicamentos. Pois bem, cadê os resultados?

Pergunto mais:
Como foi feito este acompanhamento, já que não há consultas prévias e nem durante a participação no Programa?
Como pode um médico receitar uma dieta sem nem ao menos conhecer o paciente e saber como é a rotina dele?
Como um médico induz pessoas a suspender o uso de medicamentos que são fundamentais para manter o paciente vivo?
Como está a saúde destas pessoas?

Ilusão: erro de percepção ou de entendimento; emano dos sentidos ou da mente; interpretação errônea.
Vender ilusão como solução é criminoso!
Da mesma forma que se sabe que os carboidratos se transformam em açúcar e interferem diretamente nas glicemias, não é novo o fato de que uma alimentação equilibrada ajuda no controle glicêmico. O Dr. Luiz Turatti, presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes - que também já publicou um alerta contra esse médico anteriormente, reforça o que é básico no dia a dia de quem convive com o diabetes: "o controle se dá com medicamentos, alimentação e exercícios".

Ainda, vale destacar o que foi dito pelo Presidente da Associação Diabetes Brasil, Dr. Carlos José da Costa: "quando o paciente volta a ingerir carboidratos, deixa de ter redução na glicemia. Portanto, a cura não passa de uma redução de glicose temporária".

Me preocupa a quantidade de pessoas que, por falta de conhecimento e informação e enxergando uma esperança contra uma doença crônica, se deixam levar por promessas falsas e pagas. O risco à saúde é enorme e pode ser irreversível!

Segundo informado no Fantástico, o Conselho Regional de Medicina do Ceará abriu um processo de investigação contra ele. Espero que ele seja desmascarado o mais rápido possível!!

Nunca, jamais, deixem de consultar seus médicos. Perguntem a eles sobre qualquer coisa que vejam ou leiam e que traga dúvidas. Estes atos impensados são graves e atingem diretamente pessoas que deixam de seguir suas recomendações médicas.










Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Pelos caminhos da vida doce...