Saúde em garrafa!

Para manter a glicemia em níveis bons e aceitáveis?
Vinho!

E é sério.

Uma tacinha por dia equivale a 30 minutos de exercício!! É o que diz uma pesquisa feita pela Universidade de Alberta, no Canadá.
Isto se dá graças ao 'resveratrol', que é uma substância presente na casca do vinho e que é liberada quando da fermentação da uva, no processo de produção.

Com uma tacinha por dia, são minimizados os efeitos de sedentarismo, o que contribui para evitar que os músculos envelheçam.
Conforme a aulinha que eu coloquei aqui no blog estes dias, daqui pode-se concluir, portanto, que ajuda na absorção de insulina pelo organismo, fazendo com que as glicemias tenham um melhor controle.

Antes de continuar, pausa para uma observação - quase um alerta: não vale abandonar a bike, a academia, o futebol, a caminhada e 'praticar' somente o vinho!

E mais: a União Brasileira de Vitivinicultura aponta, entre outros, os requisitos para quem (con)vive com o diabetes e quer incorporar este hábito na dieta:

1. Só beba se estiver com o DM sob controle
2. Beba junto ou logo após uma refeição
3. Fique atento para evitar hiper ou hipoglicemia
4. Contabilize as calorias da bebida
5. Se beber à noite,faça um lanche antes de dormir
6. Dê preferência ao vinho tinto seco, que é menos calórico.

Quem me acompanha?
Tim-tim!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Pelos caminhos da vida doce...