Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

06 janeiro, 2017

'Mas que calor, ô ô ô, ô ô ô!

Nesses tempos em que o calor é o companheiro diário, é preciso tomar muito cuidado com a conservação das insulinas.

Em geral, insulinas devem ser mantidas sob refrigeração até o início do uso. Após abertas, podem ser mantidas fora da geladeira, em temperatura ambiente que não ultrapassem 30 graus celsius e sem incidência direta do sol.

Para ir à praia ou nos dias mais quentes em que eu precise passar muito tempo na rua, seja a trabalho ou diversão, uso o estojo Pen Plus Case, da Dia Pak.




Já falei dele por aqui e continuo recomendando!

É leve, tem espaços específicos para o sachê de gel (que fica congelado e mantém a temperatura por até 12 horas), para as insulinas e até para um lanchinho.






Na época comprei por mais ou menos R$ 65,00. Verifiquei que hoje tem disponível na Diabetic Center por R$ 104,00, R$ 108,47 na Diabetes Service e na Droga Diet por R$ 120,00. Nessa última tem um modelinho mais simples, sem divisórias ou compartimentos, por R$ 20,00.
A Farmácia Doce Vida Diabetes também tem um modelinho de estojo desses, que mantém a temperatura por 6 a 8 horas e está a R$ 31,90.



Antes de descobrir este case, eu usava o isopor tradicional.

Tenho um pequeno que vem numa bolsinha térmica, da marca Gela Kent.

Para viagens ou para quando é preciso transportar uma quantidade maior do que duas canetas de insulina, ele é melhor. Só não é prático para uso no dia a dia... 





Na Ultrafarma e na Droga Diet tem modelos similares por R$ 24,63 e R$ 23,00, respectivamente.


O Ateliê Bo Hille é mais uma ótima alternativa para estojos térmicos! O modelo deles tem espaço para duas canetas, glicosímetro, insumos e mais um compartimento para documentos: é forrado com manta térmica Etaflon, que mantém a temperatura interna por até 6 horas". 
Tem lisos e com estampadas personalizadas. 

Opcões não faltam para manter a nossa insulina protegida... 
Isso pode parecer besteira ou exagero, mas não é!! A insulina perde suas propriedades se levada à temperaturas muito altas ou mesmo muito baixas (já fica a dica: congelar jamais!) e a gente acaba descobrindo isso da pior maneira: quanto depois de tomar a dose devida, vê que a glicemia está completamente fora do controle.

Aconteceu comigo uma vez. Esqueci de colocar a insulina no case para um dia de folia no carnaval e depois segui usando a mesma caneta. Só me liguei no que estava acontecendo quando a doçura em jejum bateu a casa dos 200mg/dL. Não vale a pena correr esse risco, vai por mim!





Nenhum comentário:

Postar um comentário