A saúde pautada pela coragem...


De novo, tive a oportunidade de estar no Seminário de Alianças Estratégicas para Promoção da Saúde, realizado pela ACT. Nesta edição XII, participei dos dias focados em doenças crônicas não transmissíveis e advocacy.

O evento reúne pessoas engajadas em questões distintas e relevantes, todas com o objetivo de buscar garantir, no sentido mais amplo, a mesma coisa para a população: saúde.

Em um momento em que tenho visto o mundo tão duro, cruel e egoísta, estar em um ambiente que atua a fim de unir forças e atuar pelo coletivo é um alento, um respiro no meio do caos. Junto com isso, ver a política sendo feita por cada líder desse movimento com civilidade e comunhão pelo bem comum – ou seja, como deveria ser sempre, principalmente nos gabinetes e auditórios de quem foi eleito com esta missão – faz voltar uma pontinha de esperança de que as coisas podem melhorar.

Fazer política é muito mais que tirar foto com eleitor e apresentar promessas vazias... Fazer política é pegar para si, todos os dias, a missão de buscar e alcançar o que é melhor para todos, inclusive por aqueles que nem sabem pelo que têm direito de lutar.

A desigualdade, tão grande no nosso país de tantos extremos e proporções continentais, muitas vezes leva à falta de acesso ao mínimo quando falamos em doenças crônicas.
Tratamentos, medicamentos, informação... nada chega.

Como aderir a um tratamento se você nem sabe que pode ter acesso a ele? Como viver bem com o diabetes se você pensa que o diagnóstico é uma sentença e não vale a pena cuidar “porque não tem jeito mesmo”...?

Aí acabam a confiança e a esperança pela sobrevivência.
Não pode ser assim!!

A nós cabe caminhar junto para criar uma solução, desenvolver uma alternativa e, sempre que possível, orientar e mostrar o caminho.
Esse é o trabalho que a ACT vem fazendo. Diferentes esferas da sociedade representadas e reunidas: instituições de ensino, associações e representantes de pacientes, médicos, nutricionistas, educadores em saúde, comunicadores. Cada um contribuindo com o seu melhor e compartilhando conhecimento e experiência para fazer um trabalho sério e eficiente.

A coragem como guia para ir além e fazer o (im)possível. 
A coragem para falar de peito aberto, com a voz da razão traduzindo a que vem do coração.
Agradeço mais uma vez pelo convite... Colaborar e ser parte desse time é uma honra e me dá uma força danada!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Menos Preocupação = Mais Alívio"

Uma 'fábrica de vida' na Dinamarca...

Sombra e água fresca!