Manhê!!!!


Tenho uma relação de amor declarado com a minha mãe. Sem mimimi, sem tatibitate.
Amo pelo que ela me ensinou, pelo que memorou. Pelos nãos, pelas broncas - nenhuma sem razão, por me mostrar que eu podia ser o que quisesse. 

Cresci vendo uma baita mulher segurar a onda quando foi preciso, levantar a cabeça sempre e sorrir com sinceridade. Sou 'menina' que nunca precisou questionar por que ela não podia fazer isso ou aquilo. Lá em casa nunca houve esse papo de que "isso é coisa de menino".

Veio o intercâmbio, veio a engenharia, veio a vida atribulada nos meus projetos, depois veio a decisão de sair do trabalho... e ela sempre esteve lá para me dar apoio! 
Do apoio, a confiança nasceu, cresceu e se firmou. 

Há 10 anos, quando a doçura do diabetes chegou, a fortaleza dela estava lá, me mantendo firme para seguir no caminho de furos e inúmeras aplicações. 
E eu sei, lá no fundo, que apesar dela também estar firme e forte na minha frente, o medo pelo desconhecido que vinha com esse tal diabetes também estava ali rondando.

Seguimos sempre assim: firmes, fortes, juntas!

Manhê!! Eu te amo e agradeço a cada dia. 


A você, dinda, tia Ci, Ana, vovó... feliz dia.
Sei que todos os dias são de vocês, mas hoje, especialmente, faço questão de ressaltar meu amor por quem é a minha base e a minha segurança.

Com todo meu carinho e admiração, também desejo a todas as mamães pâncreas e mamães que dividem o seu tempo com o seu cuidado entre a doçura e seus pequenos, mais um dia de alegrias, saúde e muita garra. 
  

Comentários

  1. Vc é linda, amorosa, admirada,amada, determinada nos seus projetos de vida!
    Sua mamy, familiares e todos nós temos muito orgulho pelo grande ser de luz que és ❤

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

"Menos Preocupação = Mais Alívio"

Uma 'fábrica de vida' na Dinamarca...

Sombra e água fresca!