Sombra e água fresca!

Quem trabalha como autônomo, pode acabar atropelado pelos dias.
Noite em cima de pautas pra escrever, manhãs e tardes pesquisando, respondendo e-mail...
Definir uma rotina de trabalho, mesmo em casa, é fundamental. Senão, a gente acaba entrando em um movimento de trabalhar todo dia, toda hora, sem qualquer intervalo.

Claro que a vantagem de poder fazer meus próprios horários é enorme e me aproveito disso. Só tomo cuidado para não me perder: nem trabalhar demais, nem deixar o dia passar sem trabalhar.

Desde que comecei a trabalhar de forma independente, venho ajustando o profissional ao pessoal. Nesse tempo, também entendi que eu preciso e devo tirar férias.
Pois aqui estou, começando mais uma!!

Mala pronta e mais uma viagem começando...
Duas etapas: primeiro, Fortaleza; depois, Bonito.

Água! 
Água de lavar a alma, de agradecer, de brincar.
Água de rio e água de mar.
Sossego, diversão, aventura!
E, claro, cuidado. 





Diabetes não tira férias, não é mesmo?! 

Então, além de cangas, biquinis e protetor solar, atestados, insumos, bolsa térmica também estão a postos.













- Precisa de atestado para viajar pelo Brasil?
Sempre levo. São muitas agulhas na mala, tiras teste, lancetas... se alguém achar estranho, apresento o atestado médico e sigo em frente na tranquilidade.

- E as tiras teste? Não usa mais o Libre?
Uso! Ele já está devidamente 'instalado' no meu braço. Mas como não sei como o sensor vai se comportar nesses dias de virar peixinha, levo tudo comigo. Se ele sair ou se eu, estabanada que sou, der uma batida em algum lugar e perder o sensor, tenho minhas tirinhas para monitorar a doçura. 

Como vou para lugares mais quentes e vou passar os dias na companhia do sol, a bolsinha térmica será minha companheira inseparável. Proteger a insulina é a garantia de que ela cumprirá o seu papel. 

Tudo pronto, hora de desligar!! 
Vou juntando experiências em mais uma saída por aí e conto tudo quando voltar. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Menos Preocupação = Mais Alívio"

Uma 'fábrica de vida' na Dinamarca...