Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2018

Para (re)carregar a doçura - do diabetes e do coração!

Imagem
Sobre quantas aplicações de insulina fiz no ano, acho que perdi as contas ainda no primeiro mês. As curvas de glicemia registradas na tela do monitor foram me mostrando os caminho a trilhar entre a alimentação e os ajustes na ponta da agulha.

Ação rápida, ação lenta. Ação!
Diabetes é ação todo dia.
A cada dia, uma realidade.
Se dorme pouco ou até demais, se come pouco ou até demais, se faz pouco exercício ou até demais (ou até nenhum!!). Para mim, esse foi o elo mais fraco: a atividade física. Há uns quatro meses o pilates foi deixado de lado. O corpo, a mente e a doçura sentiram!


Viagens. 
Viajar por aí com a doçura e o passaporte como companheiros.
Ver a vida sendo buscada pelas células que giram no frasco do laboratório.

Blog... com mais de 500 mil cliques alcançados.

Um livro! Meu 'primogênito' na arte da escrita.

Um novo rumo foi sendo firmado pelo reconhecimento com o trabalho e pela nova categoria, a de estudante.A pós graduação em gestão de saúde me dando a chance de ampliar o …

Uma 'fábrica de vida' na Dinamarca...

Imagem
Dezembro começou em outro continente... De novo na Europa, a Novo Nordisk me levou para a Dinamarca desta vez.

Fui convidada para participar de um evento que apresentou resultados parciais dos estudos com células troncos, realizados pelo Centro de Pesquisa deles. Eu, uma brasileira diagnosticada há pouco menos de dez anos, convidada para pisar onde a vida em potinho vem sendo fabricada.
Que honra! Não me canso de agradecer. Esse evento foi realizado para 15 pacientes de todo o mundo, como parte do programa DEEP - Disease Experience Expert Panel.
Assim como o Patient Journey, que é parte do programa Changing Diabetes, o DEEP é um programa que também tem o ponto central nos pacientes. 15 pessoas, todas com diabetes, reunidas em Copenhagen para encontrar com os responsáveis pelo desenvolvimento dessa grande pesquisa.

Trata-se de um estudo foi iniciado no ano 2000 e tem como objetivo a produção de células beta a partir das células tronco.
Diferente do trabalho que vem sendo realizado pel…

“Se é pra ir, vamos juntos”

Imagem
Há 8 anos eu dava o primeiro ‘oi’ por aqui, lançando o meu Insulina Portátil. Tímido, devagar...
ainda descobrindo que terreno era esse de fazer e escrever um blog.
Será que alguém vai ler?
Mais... será que eu vou seguir escrevendo? Mais ainda: será que eu vou ter assunto para seguir escrevendo?

E aí, aos poucos, eu entendi que assunto jamais ia me faltar. Esse tal de diabetes dá o que falar!

Diabetes de todo dia.
Diabetes de avanço tecnológico.
Diabetes da falta de insumo.
Diabetes da falta de conhecimento.
Diabetes de sensor e furo no dedo.
Diabetes de quem faz o papel de pâncreas pros pequenos.
Diabetes de quem quer ter o seu próprio pequeno.
Diabetes do medo de agulha.
Diabetes de contar cada carboidrato.
Diabetes de ficar com preguiça de medir e aplicar.
Diabetes...

Mas no geral, o que mais eu entendi é que eu podia sim viver bem com diabetes.
Entendi que o meu diabetes pode ser de viajar.
De tocar tamborim.
De comer brigadeiro.
De não ter que abrir mão das coisas que eu gosto.

N…

Ei, piauí... mais respeito!

Imagem
A Revista piauí divulgou uma matéria cheia de acusações sobre a utilização das bombas de insulina para o tratamento do diabetes tipo 1.

No texto, palavras como lobby e sentença se sobrepõe a outras tão maiores como saúde e vida. 
O jornalista fala sobre o favorecimento a um fabricante, destaca testes "oferecidos todo mês em associações de diabéticos" e enumera decisões judiciais que "condenam" o SUS a pagar pelo tratamento com o uso do sistema de infusão contínuo de insulina.
A publicação segue citando nomes, ações judiciais e comparação com o tratamento similar  oferecido pela fabricante concorrente. 
Reproduzo um trecho exatamente como escrito pelo jornalista, onde ele dá fala a um especialista que leva a entender que a bomba de insulina nada mais é do que mero luxo:  "Outro modo de controlar a diabetes é injetar manualmente a insulina, técnica mais barata (300 reais por mês, em média; a bomba custa cerca de 2 mil reais mensais). "A bomba é um 'plus…