Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

Monitoramento constante... ligação direta!

Imagem
A monitorização da glicemia é uma das maiores ferramentas que nós, docinhos, temos para controlar a condição. Com o avanço da tecnologia, cada vez mais recursos vêm sendo apresentados neste sentido, desde os glicosímetros que medem cetonas até os que funcionam com monitorização contínua.

Seja com um furinho na ponta dos dedos ou nos sensores aplicados ao corpo, o fato é que um aparelho que nos dá os registros da variação glicêmica ao longo do dia é um grande e importante aliado no autocuidado e na busca de uma melhor qualidade de vida.
Atualmente, a novidade que vem chamando atenção é o Eversense, um sensor lançado pela Senseonics em parceria com a Roche, que agora foi aprovado pela FDA (U.S. Food and Drug Administration), órgão americano responsável pela validação de novos alimentos e medicamentos para o uso e o consumo humano. 
O diferencial deste em relação ao Free Style Libre, que já é vendido aqui no Brasil, é o tempo de uso: enquanto o Libre funciona por catorze dias, o Evers…

#parasobreviver

Imagem
“A campanha ‘Para SobreViver’ tem por objetivo colaborar para o prolongamento e melhoria da vida dos idosos com diabetes tipo 2, alertando para o risco cardiovascular nesta população.”
Com esta meta foi lançada, no alto do Corcovado com o Cristo Redentor como cenário, o Movimento #parasobreviver. Apesar de serem a maioria entre as pessoas com diabetes, quem convive com o tipo 2 da condição ainda tem pouco ou nenhum controle da doença. Seja por falta de acesso à informação e orientação ou por falta de acesso ao acompanhamento adequado e aos medicamentos, o fato é que menos de 10% dos diabéticos tipo 2 tem resultados satisfatórios em termos de adesão e evolução do tratamento.
Destes, os idosos ainda apresentam resultados piores. Com a idade mais avançada, a compreensão sobre o que fazer e como / quando se medicar pode ficar prejudicada e, infelizmente, em alguns casos esses pacientes chegam a ser esquecidos, como se fossem invisíveis. Meio que deixados de lado porque “já não tem muito mais …

Tri-legal!

Imagem
Clichê pode? Pode sim!
Então, lá vai: viajar é ótimo, mas voltar para casa é muito bom. 
Sair por aí e deixar a rotina de lado por uns dias sempre faz bem. Desta vez, meu destino foi o Rio Grande do Sul. Eu só tinha ido a Porto Alegre uma vez, num bate-e-volta, para assistir a um show do Paul McCartney. Agora, com um tempinho maior, pude conhecer a capital gaúcha, passear, curtir o frio, muuuito frio! Parque, cultura...
Ah, essa cidade das carnes e dos churrascos... e das polentas, e das massas, e das cucas... haja contagem de carboidratos!!!!
A glicemia até que se comportou bem. Por uns dois dias eu tive um pico grandão depois do lanche da tarde. Erro meu no cálculo, por não saber exatamente o que considerar. Pastel de forno e x-coração foram corrigidos no chute...  Não tinha como saber a quantidade exata de carboidratos e tive que jogar com a sorte. Outro fator que pode ter interferido foi o fato de ser uma semana pré-menstrual. Com os hormônios em ação, a glicemia fica um tanto qua…