Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

01 fevereiro, 2017

Respostas para o Jack!

Quando escuto qualquer coisa sobre um diagnóstico de diabetes tipo 1, imediatamente o que vem à minha cabeça é insulina. Insulina é o nosso elixir salvador, o que garante tranquilidade e sossego dia após dia.

Mas.... e quando esse tal salvador não funciona?
Já pensou nisso??
Eu nunca tinha pensado, até ouvir a história do Jack.

Ele é um docinho de 8 anos, que mora na Carolina do Norte, nos Estados Unidos.
O que ocorre é que ele tem alergia à insulina!
Pânico, certo?!

De acordo com uma matéria divulgada pela página Insulin Nation, isso acontece com apenas 2% dos pacientes com DM1.

A gravidade maior do caso do Jack é que mudar o tipo de insulina não resolveu. Chegaram a pensar até que poderia ser uma alergia à cânula da bomba de infusão, mas mesmo com as injeções as reações alérgicas se seguiram.

A família já contactou os principais laboratórios fabricantes (Novo Nordisk, Lilly e Sanofi) para tentar identificar o que exatamente pode ser o fator desencadeador da reação. Agora, enquanto o pequeno vem sendo assistido por um imunologista, eles lançam uma campanha mundial para tentar desvendar - e resolver - esse mistério, com o apoio do time do Beyond Type 1 (aqui, publicação na íntegra). Está no ar também uma página no Facebook, para dar mais visibilidade e trazer maior alcance para a situação, em busca de uma solução.

Enquanto isso, ele segue convivendo com a alergia, apesar de ser doloroso e incômodo, porque não há possibilidade de para de tomar suas doses de insulina.

Por aqui, divulgo (quem puder, faça também!) e torço para que a resposta seja encontrada em breve!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário