Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

2016: check; 2017: pode chegar!

Imagem
Mais 365 dias se foram, mais 365 estão chegando.
Aquela mesma sensação de renovação, de esperar por dias cheios de bem e de energia.
Não gosto muito da expressão 'dias melhores'... acho que por mais que a gente tenha passado por momentos complicados, no fundo vem junto crescimento, amadurecimento, sempre fica um aprendizado, seja a experiência boa ou nem tanto assim.

Esse ano que está terminando hoje não foi dos mais calmos para mim. Uma perda que, por mais que já esperasse, pesou. Por outro lado, a conclusão de um processo que me sugou, mas que agora traz uma espera que, ainda que tenha um tempo incerto, só me dá alegria!

A vida é assim. O novo e o velho andando juntos, um recomeço por dia.


Desde o meu diagnóstico, nunca precisei ir tanto em consultas com a minha endócrino como aconteceu em 2016. Hormônios praticamente do avesso e a busca pela razão... por fim, ajustamos o que foi preciso e deixamos tudo no eixo de novo.

Sobre a escolha de viver bem com a doçura?! Ah, essa se…

Querido Papai Noel...

Imagem
Apesar de não ter mandado minha cartinha - desculpa aí a falta de atenção - meu presente não poderia ter sido melhor. Sem embrulho nem laço de fita: ter junto, perto e presente todas as minhas pessoas! Aqui vale uma observação: fisicamente ou não.

Sei que foi pago em 12 meses, mas gosto assim. Um pouquinho por mês, para calibrar o coração e deixar os dias bem melhores. Ah, também sei que quem vê de fora acha isso bem piegas. Mas, quer saber? Adoro piegas!!!
Como não amar ter queridos do lado desejando junto o que eu aguardo e desejo mais? Ai ai... 
A doçura até que se comportou... um pouco mais baixa ontem, um pouco mais alta hoje - e ganhei até rabanada sem açúcar!!
Como rolou uma hipo de leve cedinho, acreditei que a glicemia ficaria baixa ao longo do dia. Rá: esse tal diabetes que quer fazer gracinhas. Subiu, corrigi e tudo sob controle agora, para curtir o finalzinho desse 2016 estranho e esperar por um 2017 mais leve, mais humano (posso incluir esse pedido com pouquinho de atraso…

Seis!

Imagem
Esse ano que está terminando não foi dos mais tranquilos. Um atropelo de sensações, de sentimentos, de acontecimentos.

Decisões tomadas, novos rumos que não me trazem dúvidas mas levam a questionamentos externos que, em algum momento, acabam desestabilizando.

Enquanto vou colocando tudo de volta no lugar, me vem uma canção que diz tanto:
"quantas chances desperdicei quando o que eu mais queria
era provar pra todo mundo que eu não precisa provar nada pra ninguém..."

Não sou de ligar para o que a 'sociedade' pensa, para o que é 'padrão', para o que se diz 'normal'.
Com o diabetes não podia ser diferente! Decidi que a nossa convivência seria pacífica e amigável.

De uma visão inicial engessada - que fique claro, pela total falta de conhecimento sobre a condição - para uma visão cada vez maior e mais clara de que esse tal diabetes não ia mesmo me impedir de continuar, sem amarras.

São 6 anos de um blog que começou com o ímpeto de fazer acreditar que era pos…

Nos passos da bailarina.

Imagem
Um pedido inusitado: acompanhar uma pequena bailarina nos bastidores!
Assim foi o meu domingo.
Ontem, 11 de dezembro, foi a apresentação de final de ano de uma escola em que minha prima, a Ana Paula, dá aula. Uma das alunas dela - que é professora do baby class - é uma docinha tipo 1. 
Como eu sempre destaco aqui, o diabetes não limita em nada a nossa vida. Mas uma criança não tem a autonomia total para medir e avaliar a glicemia e seguir os horários para aplicação de insulina. Esse foi o meu papel com a Clara ontem.
Quando a Ana me fez o pedido para acompanhar a Clarinha, já comecei a pensar no que precisaria fazer e levar no dia. Mais tirinhas e agulhas; mais lanchinhos e sachês de mel na bolsa. Sabia que ela teria tudo também, mas não poderia fazer diferente. 
Algumas horas antes de sair de casa para a minha missão, fui pega por uma hipoglicemia! Erro de principiante: depois de um show com meu bloco no sábado à noite, não comi nada. A hipo foi somente o resultado desta 'falta d…

..."parecer positivo"...

Imagem
Em Setembro foi colocada no ar uma nova consulta pública sobre os análogos de insulina, pela CONITEC.

Depois de muitas assinaturas e uma união de forças para esclarecer sobre a importância deste tipo de insulina no tratamento para o diabetes tipo 1, finalmente o primeiro passo no caminho da liberação dos análogos dentro do protocolo de atendimento do SUS!





Reproduzo abaixo, na íntegra, a nota publicada pela ADJ hoje:

"ADJ Informa: Conitec concede parecer positivo sobre a recomendação de incorporação das insulinas análogas de ação rápida

No evento Conitec 5 anos, ocorrido esta semana, foi relatado que a Conitec concedeu a recomendação para incorporação das insulinas análogas de ação rápida pelo SUS para pessoas com diabetes tipo 1.
A ADJ Diabetes Brasil ressalta que o parecer precisa passar pela aprovação do Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde para ser incorporado.
Por isso, ainda não sabemos se todos as pessoas com diabetes tipo 1 serão ben…

Vamos falar (bem) sobre o diabetes?

Imagem
Mais uma vez o diabetes foi assunto na TV, desta vez no Programa Bem Estar.
(matéria completa para quem quiser assistir --> aqui)

Foi boa a abordagem entre as diferenças entre os tipos 1 e 2 do diabetes, esclarecendo que o DM1 não traz o fator e hereditariedade e que pode aparecer em qualquer idade, apesar de ser mais comum na infância e na adolescência.

A questão é que alguns outros temas importantes foram citados, mas não devidamente esclarecidos.

O mito de que pessoas com diabetes não podem comer doces foi derrubado com a informação de que moderadamente se pode consumir de tudo. Sim, de fato é isso. Eu mesma não canso de repetir... Só não pode esquecer que junto com a moderação deve ter uma monitorização frequente das glicemias, uma rotina de atividades físicas, a contagem de carboidratos e, quando for o caso, a devida correção com a insulina!

Em um trechinho da matéria foi lida a mensagem de uma pessoa afirmando que com dieta e exercícios perdeu 40 quilos e acabou suspendendo o…