Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

28 dezembro, 2015

Missão: cuidar.

Numa época em que a cada dia se descobre uma falcatrua ou um desvio de verba que deveria ser para a saúde, é bom ver que ainda existe quem preze pelo bem dos pacientes e coloque a qualidade de vida, o acesso a bons tratamentos e a medicamentes em primeiro lugar.

Aqui no Rio, a Fundação Osvaldo Cruz mostra, com seriedade e envolvimento, que o bem estar das pessoas é tão importante quanto a solução para uma condição de saúde ou uma doença séria.

Desde o início do funcionamento da Instituição, há 115 anos, o trabalho feito é para "promover a saúde e o desenvolvimento social, gerar e difundir conhecimento científico e tecnológico, ser um agente de cidadania".

Aí está toda a diferença na atuação da Fiocruz.


Pesquisas, vacinas desenvolvidas, papel fundamental erradicando epidemias...





... E a preocupação contínua pelo bem de todo mundo.
Em 2015, quando tanto se ouviu sobre falta de insulinas, de insumos, de acesso à tratamentos a que se tem direito, eles mais uma vez deram um passo no sentido oposto, lançando um portal dentro do site principal, mas especificamente sobre diabetes.
Cuidados, sintomas, a importância em cuidar e manter a glicemia sob controle, o foco na educação em diabetes. Também tem depoimentos de mães de docinhos falando sobre as dificuldades e as conquistas no dia a dia...

Uma abordagem direta para crianças e jovens, diabetes na gravidez, dicas de nutrição e um link direto para busca de artigos sobre pesquisas em andamento.

Um desejo para o novo ano? Que haja mais comprometimento como esses vindo de outras instituições e de especialistas que acompanham e cuidam de tantos outros convivendo com o diabetes por aí.

No mais, saúde pra dar e vender!

Nenhum comentário:

Postar um comentário