De sentir na pele!

A cada dia que passa, temos mais e mais pesquisas buscando melhores tratamentos, melhores medicamentos e formas mais precisas e menos invasivas de controle (sem falar da busca incessante pela cura) para o diabetes.

Entre tantos avanços, já se falou em lente, micro-chip e na tatuagem com tinta especial para medir a glicemia.

Agora a novidade é um adesivo que fica na pele como uma tatuagem temporária e foi desenvolvido pela equipe da Universidade de San Diego.
Através de uma corrente elétrica "suave", ele 'suga' o sangue até o sensor responsável pela leitura da glicose.

Os primeiros testes já foram realizados em pacientes e, a cada medida registrada foi feita uma comparação com o monitor tradicional: furo no dedinho!

Os primeiros resultados foram positivos e agora eles seguem com o desenvolvimento do dispositivo de modo que possa ser utilizado para o monitoramento contínuo da glicemia, refinando os pontos técnicos - sensibilidade e confiabilidade do sensor, ajuste do leitor e transmissão sem fio dos dados.

Por enquanto não tem previsão de comercialização.
Mas os estudos continuam e acredito que esta 'tatuagem' high-tech tenha bastante potencial para se tornar realidade na vida dos docinhos!!





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Do tipo que se importa...