Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

16 outubro, 2014

Para monitorar a saúde...


Um exame postergado, uma consulta desmarcada por causa de uma reunião de trabalho...
Já fiz isso, mas hoje jamais abriria mão de uma hora do meu dia devidamente programada para me cuidar em função de qualquer que fosse o compromisso.

Que não se brinca com a saúde, todo mundo sabe... mas não é surpresa para ninguém que as vezes a gente tende a deixar os atropelos do dia a dia tomarem a frente.

Com a tecnologia e os celulares cada vez mais 'inteligentes' e funcionais, descobri dia desses um aplicativo que pode, pelo menos, servir como um alerta de que chegou a hora de dar atenção ao corpo e à mente.

O nome já diz a que veio: Calculadora de Saúde.
Com apenas 7 perguntas sobre você e seus hábitos, ele estabelece um "índice geral de saúde".

As questão são simples:
1. Dados pessoais: onde mora, data de nascimento, sexo, peso e altura (nesta etapa, ele faz o cálculo do IMC - Índice de Massa Corporal)
2. Frequência com que faz exercícios
3. Informação sobre tabagismo
4. Informação sobre consumo de bebidas alcoólicas
5. Pressão arterial
6. Colesterol total
7. Glicemia

O resultado (o meu foi 87 em 100) está relacionado ao risco de desenvolver doenças crônicas.
Claro que não substitui o acompanhamento médico periódico, mas além de funcionar como um lembrete para colocar os exames em dia, pode ser uma ferramenta para monitorar a evolução das condições de saúde e reavaliar as prioridades! 






Nenhum comentário:

Postar um comentário