Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

14 maio, 2014

Diabetes Blog Week - Dia 3: Porque ninguem é de ferro...


O tema do dia coloca pega numa questão delicada... "What brings you (me!) down?"
O que me derruba?!
 
Raramente me deixo abater pelo fato de ter que tomar conta do diabetes todo dia, toda hora.

Fura o dedinho, mede a glicemia, ajusta a insulina, fura a 'pancinha', mede de novo, de olho na alimentação, não esquecer de fazer exercícios… ufa!

Na verdade, para mim isso acabou entrando em 'piloto automático' um certo tempo após o diagnóstico.
Em um dia como outro qualquer, nada perturba. A rotina do diabetes flui sem problemas.

Mas é claro que em algumas momentos, isso cansa.
Cansa ter que prestar atenção nos rótulos dos alimentos, cansa a briga da consciência com a preguiça de acordar mais cedo para pedalar ou caminhar...
E ter que pensar nos lanchinhos e na quantidade de agulhas que tenho que levar quando viajo.
Sem falar na minha briga com a glicada, que anda teimosa e não baixa!
 
Por outro lado, tenho a consciência de que esses tempos de achar tudo uma chatice passam.
Independente do cansaço que muito de vez em quando pinta por aqui, tem a certeza muito mais frequente e que se segura na opção que eu fiz, há 5 anos, de me cuidar, seguir meu tratamento à risca e acreditar que sempre será possível!




Nenhum comentário:

Postar um comentário