Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

28 outubro, 2013

Baseado em fatos reais...


Quando mais conhecido o problema, mais fácil ele fica de gerenciar.
Esta teoria também se aplica pra vida docinha... Os receios vão desaparecendo quando você passa por situações, mesmo que corriqueiras, mas que ainda não tinham sido vividas na nova condição.

Lembro do "show" que eu dei voltando de uma viagem de trabalho à Europa quando cortei o dedo 1h após a decolagem... Acho que o cansaço acumulado do período da viagem + o pouco tempo de diagnóstico (1 mês!) + o medo da dificuldade de cicatrização tiraram meu racional e deixaram só o pânico no lugar. Surtei!
E de fato o corte foi feio, mas nada que não pudesse ser controlado.


Atualmente é bem diferente.
E isso ficou mais claro hoje de manhã...
Toda vez que tenho um voo muito cedo, prefiro tomar café da manhã no aeroporto. E já que a refeição do avião sempre tem coisas que devo evitar, como antes de embarcar. 

Com a falta d'água em alguns lugares ainda aqui no Rio, quando estava chegando no aeroporto é que pensei que talvez a lanchonete pudesse não estar funcionando. Primeiro pensamento: "vou ficar com fome!!". Segundo: "pelo menos tem o lanche servido no avião!".

Este último certamente, em outra época, me deixaria bem preocupada. 
Com tempo e a experiência somados ao conhecimento - percebo o quanto é importante conhecer a fundo sobre o DM - vem o sossego de saber que se um dia eu tiver que comer algo não recomendado, isso não vai me causar um mega transtorno.

E essa confiança torna o dia a dia, sem dúvida, bem mais leve.

PS.: A lanchonete estava aberta e viajei tranquila, de pancinha cheia!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário