"Transformar o tédio em melodia"!

(Mahatma Gandhi)

Em português, "seja a mudança que você gostaria de ver no mundo".

Ontem, num papo bem bacana com uma amiga, realizei o quanto isso faz sentido!

Está nas ações de todos dia (jogar o lixo no lixo, ser educado e receber o mesmo tratamento de volta...), nas leis de Newton ("para toda ação há uma reação oposta e de igual intensidade") e reflete principalmente no nosso comportamento. Ou melhor, no efeito que ele gera...


Quer que as coisas mudem? Quer que sejam diferente? Quer manter igual?
Seja o que for, mostre, dê o exemplo. 
Comece por você!

Isso funciona de verdade.

Como eu posso fazer alguém acreditar que é totalmente viável ter uma vida normal (con)vivendo com o diabetes?
Me cuidando. 
Porque se EU não me cuidar, de nada vai adiantar o apoio, a atenção e o carinho de todos os meus amigos e da minha família comigo e com a minha condição 'doce'.

Minha 'vitrine' são os resultados alcançados: o bom controle, o tratamento em dia e todas as possibilidades que isso me traz.
E são dessas possibilidades que eu não estou nem um pouquinho disposta a abrir mão!

A filosofia atual?
"Todo amor que houver nessa vida
E algum remédio que me dê alegria"!


Comentários

  1. Anônimo7/6/13 11:51

    Vc já é doce nos dois sentidos e alegre, viva a vida... beijos tia Ci

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MiniMed 640G: Cena 7 - A decisão de parar...

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...