Pra ser cotidiano!


Terça-feira, 18/06/13: 
Despertador: 05:15h
Chegada ao aeroporto SDU no Rio: 06h

Check-in já feito, fui tomar café da manhã. A única opção era a lanchonetes Pátio, da 3 Corações (assim eu pensava, já que a loja é toda 'decorada' com esta marca). Como sempre faço, perguntei se eles tinham o capuccino diet e a resposta foi "não". Nadinha diet, só refrigerante.
Fiz meu pedido, comi, tomei meu café expresso (única opção que não vinha adoçada) e embarquei.

Terça-feira, 18/06/13: 
Conexão em Confins/BH para Porto Velho com atraso de 3h. 

Por volta de meio-dia fui até a Casa do Pão de Queijo, que é a única lanchonete que tem na sala de embarque, pedi um sanduíche e uma coca-cola zero (nada de mate por aqui...).
- "Senhora, não temos coca zero."
- Que outro refrigerante diet vocês tem?
- "Senhora, não temos nenhum refrigerante diet.
- Então vocês não tem nenhuma bebida sem açúcar, a não ser café? 
- "Nós temos suco de laranja natural".

E aí?? 
Nem sempre o suco é recomendado para quem tem diabetes... fora o fato de que eu nem gosto de suco de laranja!
Desisti, desembarquei para procurar outra opção de lugar para almoçar / lanchar e depois embarquei novamente, correndo, em cima da hora do voo.

Enviei e-mail para as duas empresas...

A 3 Corações me retornou por telefone perguntando se a reclamação era pela falta do produto em algum mercado específico. Expliquei novamente que era pelo fato de não entender porque em uma loja deles não estavam disponíveis todos os produtos e então fui informada que a loja não é deles, apenas vende o produto, mas mesmo assim usa a marca.

A Casa do Pão de Queijo me pediu informações sobre o local e o horário do 'ocorrido'. Até então não obtive retorno.

Sexta-feira, 21/06/13: 
Despertador: 05:25h
Chegada ao aeroporto de Porto Velho: 06:10h

Embarquei no horário, pousei em Cuiabá e enquanto esperava o voo de conexão fui tomar um cafézinho, já descrente de que teriam outras opções...
Quebrei a cara, ainda bem!! 

- Oi, vocês tem capuccino sem açúcar?
- "Sim".
(!)
Sem dar crédito ao atendente, complementei:
- Mas é o pózinho pronto ou vocês fazem aqui?
- "Fazemos aqui". 
- Mas e o chocolate, não tem açúcar?
- "Não tem não, senhora... a gente faz tudo sem açúcar porque tem gente que não pode".

Armei um baita sorriso e agradeci, feliz com esta mudança de consciência.
Que assim seja!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MiniMed 640G: Cena 7 - A decisão de parar...

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...