Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

04 junho, 2013

Para se conectar!

No embalo das redes sociais, uma específica para pessoas com diabetes.


Como diz o nome, a Diabetic Connect tem como propósito colocar em contato pessoas que tem esta mesma condição de saúde para que dividam suas experiências, seus acertos e seus erros, tirem dúvidas, compartilhem o avanço dos seus tratamentos.

Fiz o cadastro no domingo passado.

Tal como numa rede social 'padrão', é criado um perfil com as informações gerais (nome, idade, foto ...) e informações de interesse dentro do tema diabetes.


Logo recebi uma mensagem de boas vindas e ganhei 7 seguidores: os moderadores / coordenadores da rede.

Ontem tive a primeira solicitação de amizade.

Enfim, ainda estou um pouco quieta por lá, já que não conheço ninguém. Mas o mais interessante é que mesmo assim tenho à disposição o acesso a várias discussões sobre questões comuns de quem convive com o DM. 
Depois de criada a conta, você navega por diferentes assuntos, dos mais simples aos mais complexos.

Além disso, tem uma ferramenta que calcula a média (diária, semanal ou mensal) das glicemias e hemoglobina glicada medidas, conforme os dados lançados.

Para completar, eles tem uma planilha para gerenciamento das variações de glicemia e um livro de receitas de baixo carboidratos, ambos para download.

Outra coisa bem legal é que você não precisa ter diabetes para fazer parte da rede. Entre as opções de cadastro (ter diabetes / conhecer alguém que tenha / ser profissional da área) há uma interessante: apenas curioso.
Gostei disso! 
Não deixa de ser uma maneira de difundir a informação e trazer esclarecimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário