Pra matar a pulga!

E lá vem o fantasma da hemoglobina glicada atrás de mim!
Este mês fiz novos exames e o resultado não foi nada bom: 7,9%.

Mandei e-mail para minha Super com o resultado e, por enquanto, o que ela sinalizou é que o esquema da insulina NovoRapid talvez seja alterado, para corrigir a partir de uma quantidade menor de carboidratos do que a atual.

Como viajo de férias daqui a pouco mais de duas semanas (contando os dias!!) vou marcar consulta antes de ir e ver o que pode ser feito pra baixar de vez esse percentual que não me deixa em paz.

Já voltei a fazer pilates e tenho me policiado para caminhar por 20 ou 30 minutos nem que sejam duas vezes por semana. 

O engraçado é que eu sempre fui super correta com o tratamento e disciplinada com a alimentação e os horários das minhas refeições, mas (já até comentei sobre isso aqui) quando o assunto é exercício, não dou mesmo a devida atenção.

E minha prima (que é irmã, parceira, amiga, suporte, tudo mais... e que me conhece como poucos) foi quem fez este alerta, num papo corriqueiro... O comentário dela - "engraçado que você faz tudo direitinho, segue tudo à risca, mas não consegue pegar o embalo do exercício"  - me deixou 'com a pulga atrás da orelha'.

Depois de ver que a hemoglobina glicada aumentou de novo e somando com a 'pulga', decidi de uma vez por todas me empenhar mais para mudar isso!

Foco no exercício. Em casa, no pilates, no calçadão na beira da praia. 
Foco absoluto.


Foi dada a largada!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Uma dose de insulina, outra de confiança...