Perto ou Longe.



 "...quem tem pessoas leais com quem pode contar aumenta suas chances de sobrevivência em 50%."


O que eu já sabia que fazia diferença no tratamento e no status de "ser diabética" agora foi cientificamente comprovado.

Quando eu brinco dizendo que pra mim tudo ficou mais fácil porque minha família e meus amigos encararam  esse bicho comigo, não é balela! 

Minha Super de vez em quando me diz que ela acha que precisa estudar mais, que sempre soube que DM1 é mais difícil para controlar e comigo vê que o controle é viável. 
Está aí pelo menos parte da explicação!

Pois então, eu recomendo: doses nada homeopáticas de amigos, amores e família diariamente!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Do tipo que se importa...