Pra ser doce nas Gerais!


Aproveitei o último feriado e viajei com a mamy pra Tiradentes. Bom demais!

Cidade muito charmosa e com um baita astral bom. 
Já tinha ido lá, mas é um lugar que gostaria até de ir mais vezes.

As ruas são cobertas pelas famosas pedras pé de moleque e a cada esquina uma loja de móveis feitos com madeira de demolição, bares, um restaurante aconchegante, uma cachaçaria... e doces! 


Doces? Pois então... minha mãe descobriu um doce de leite artesanal feito por uma família de Tiradentes que praticamente não leva açúcar no preparo.

O senhor José de Oliveira, conhecido como Bolota, aprendeu a cozinhar ainda criança e com o tempo passou a criar sobremesas: "era um cozinheiro apaixonado por doces". Um pequeno detalhe: ele era diabético!

E assim, para não deixar de lado sua sobremesa preferida, desenvolveu o doce de leite light, que não deixa nada a desejar aos doces de leite tradicionais. 


O segredo é a proporção dos ingredientes: são 15 litros de leite para (apenas) 200g de açúcar!! Para mim ainda tem um gosto de infância... o sabor é igual ao que a minha bisavó fazia!

Além desse, tem o de figo em calda, goiaba e - o mais gostoso! - de limão em calda, feito com casca. Pode até parecer estranho, mas é muito bom! Todos eles são preparados com doses reduzidas de açúcar.


Para quem for passear por lá e tiver interesse, aí vão os dados da casa da família do: Bolota, onde os doces são preparados e vendidos:
Rua Bias Fortes, 77
tel: (32) 3355-1465
(eles são bem conhecidos na cidade e todo mundo sabe indicar como chegar)


Mas....... teve doce com açúcar também! Conhecemos uma casa de rocambole incrível: Rocambole & Cia. (fica bem pertinho da praça principal da cidade). São mais de 20 sabores! Como resistir?? 

Me atrevi a provar sim (uma única fatia!)... tudo compensado devidamente com as caminhadas pelas ladeirinhas de Tiradentes e uma dose pequena da insulina de ação rápida.


Final de semana e feriado de dar água na boca!

Comentários

  1. Que delicia! Como vc é muita disciplinada, vc merece! Linda!! Bjooo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Do tipo que se importa...