Descoberta brasileira!

E as pesquisas continuam!


Agora, o objetivo é passar este efeito para o tratamento, de forma que seja possível uma redução no uso da insulina injetável, por exemplo.

Vamos que vamos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Febre amarela: a gente - doce - pode se vacinar?

De um dia azul...

Do tipo que se importa...