Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

14 setembro, 2011

Bom ou mau?


Uma matéria apresentada hoje no Programa Bem Estar, sobre ingestão de doces, tira a imagem de "monstro" que eles sempre carregam!



O destaque vem já no início, quando o especialista convidado afirma que o doce é um alimento. Tem proteínas, carboidratos... a grande questão é que, como contém também gordura, o melhor é não comer a qualquer hora do dia, mas sim após uma refeição, pois assim o açúcar contido no doce pode ser compensado pela fibra dos alimentados da refeição principal.

O vídeo tem quase 30 minutos, mas traz bastante informação útil e bacana.
Além dos doces, fala da influência de coisas corriqueiras - uma boa noite de sono, beber uma taça de vinho, fazer exercícios físicos, pular refeições... - na manutenção da glicemia em níveis considerados normais.

Detalhe: o objetivo principal da matéria não é o diabetes. Ela trata, de forma geral, da variação da taxa de açúcar no sangue e nas consequências disso no dia a dia de qualquer pessoa. Bem interessante!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário