Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

09 agosto, 2011

Depende de como você vê...


E a revisão foi feita! Em vista das hipos contínuas que vinham acontecendo, conforme orientações da endocrinologista reduzi a dosagem de insulina em 4 unidades a partir de hoje!

Fico sempre muito feliz quando isso acontece, mesmo sabendo que posso precisar ajustar novamente e, se for o caso, aumentar a dose.

Mas é isso... um dia depois do outro.

Por mais que no começo eu tivesse uma "certeza" de que fazendo o tratamento corretamente eu melhoraria do diabetes, no fundo sabia também que esta é uma doença que (ainda) não tem cura.

Li estes dias numa reportagem que o primeiro passo para um bom tratamento é não negar o diabetes. Concordo em gênero, número e grau!

Aqui vai um trechinho de uma múscia que gosto muito e acho que reforça este pensamento:

"Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só"

2 comentários:

  1. Anônimo9/8/11 14:05

    lindo amiga!! Coragem eu sei que vc tem de sobra!!
    renata pacheco

    ResponderExcluir