Aqui no IP estão expostos os meus medos, as minhas descobertas, as conquistas, os avanços nas buscas pela cura do diabetes pelo mundo, os passinhos para um melhor controle da glicemia.

O que começou como um espaço de aprendizado e de dividir a minha convivência com o DM1, se transformou em estímulo para um melhor controle da minha doçura e para seguir mostrando que se funciona para mim, pode funcionar também para tantas outras pessoas que tem o diabetes como companheiro.

20 abril, 2011

Feliz Páscoa... com Ovo de Páscoa diet!


A Páscoa está chegando e isso pode significar, pra muitos diabéticos, tentação à vista.
Mas não precisa ser assim... hoje em dia já existem algumas opções de ovos de páscoa diet:

1. Talento Avelãs Diet da Garoto.
2. Diet ao Leite da Lacta.
3. Ovo Diet da Cacau Show.
4. Classic Diet da Nestlé.
5. Classic Zero da Nestlé.
6. Ovo Finesse da Kopenhagen.

Já provei alguns destes chocolates, mesmo antes de serem lançados como ovos de páscoa, e na minha opinião o Zero da Nestlé e o Diet com Castanha da Cacau Show os melhores!
A maior decepção, acreditem, foi o chocolate diet da Kopenhagen! Sempre fui fã e considero o da Kopenhagen o melhor chocolate, mas o diet não achei gostoso.

O que todo mundo deve ficar atento é que o chocolate diet, apesar de não ter açúcar, geralmente tem mais gordura.
Por isso, o recomendado é que haja um equilíbrio na alimentação. Quando for devorar o ovo de páscoa, o almoço ou jantar deve ser mais leve, com pouca ingestão de carboidratos. Assim é possível evitar uma hiperglicemia.
Abaixo reproduzo parte da publicação do Portal Diabetes (www.portaldiabetes.com.br), com orientações da Nutricionista Luciana Bruno:
"Recomendo que o consumo do ovo de Páscoa seja feito de preferência como sobremesa, depois de uma refeição rica em fibras, porque isso retarda a absorção da gordura.
Graças a vários estudos, desde 1994 a ADA (American Diabetes Association) demonstra que a sacarose, desde que substituída por outro carboidrato, não aumenta a glicemia mais do que qualquer outro carboidrato. Assim sendo, dentro de um contexto saudável, o chocolate pode sim ser inserido no plano alimentar de quem tem Diabetes.
1.    Compare os rótulos do chocolate comum e diet, aquele com menor quantidade de carboidrato poderá ter menor efeito na glicemia, desde que, consumido em quantidades equivalentes.
2.    Para saber se o chocolate está dentro do que consideramos saudável, verifique a quantidade total de gordura. O saudável é que a cada 15 gramas de carboidrato o alimento contenha até 5g de gordura total. Não são raras as vezes que o chocolate diet tem maior quantidade de gordura quando comparado ao chocolate comum. Outro ponto a ser avaliado é que a glicemia, após a grande ingestão de gorduras, pode elevar-se após 3-5 horas.
3.    Tente encaixar a porção de seu ovo de Páscoa no seu plano alimentar, respeitando horários e quantidades. Desta forma, você estará mantendo a glicemia dentro do normal e também mantendo seu peso. E em partes, por exemplo, 30 gramas de chocolate ao leite comum, equivale em termos de carboidrato, a 1 fatia de pão com margarina .

É isso... divirtam-se com seus chocolates, com moderação!
Feliz Páscoa!!

2 comentários:

  1. vitoria davies23/4/11 16:18

    Ju, acabei de ler vários posts (comecei consultando sobre ovos de Páscoa, para dar pra minha tia...) e eles estão deliciosos: informativos, agradáveis de ler, muito bem escritos. Acho mto legal tb vc entremear os do tipo informativo com relatos pessoais: momentos de fraqueza ou desânimo, que vc, com a sua força, contorna - ler isso deve dar força para os que sofrem de diabetes e que passam pelo mesmo.
    Parabéns pelo blog, amiga querida!
    Bjss, Vi

    ResponderExcluir
  2. Vi querida, muito obrigaoda amiga!! Fico muito feliz com esse mega elogio vindo de você! E com a força que você me dá sempre.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir